Centroavante do Caxias avalia erros diante do Marcílio Dias e projeta duelos contra o líder - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série D15/10/2020 | 16h45Atualizada em 15/10/2020 | 20h00

Centroavante do Caxias avalia erros diante do Marcílio Dias e projeta duelos contra o líder

Giovane Gomez afirma que faltou imposição para o time grená

Centroavante do Caxias avalia erros diante do Marcílio Dias e projeta duelos contra o líder Vitor Soccol/SER Caxias,Divulgação
Foto: Vitor Soccol / SER Caxias,Divulgação

A derrota para o Marcílio Dias ainda é assunto no Estádio Centenário. A atuação ruim, considerada pelo técnico Rafael Lacerda a pior do ano, trouxe uma cobrança forte no vestiário após o jogo. O Caxias não vence há três rodadas e terá que buscar a recuperação em casa contra o Novorizontino, na última rodada do primeiro turno. 

Leia Mais
"Foi a nossa pior partida do ano", diz técnico do Caxias após derrota para o Marcílio
Família caxiense pedala cerca de 15 horas para realizar sonho da filha

— No intervalo e no final da partida também, ele (Lacerda) cobrou bastante vontade no vestiário. Faltou imposição e vontade para sair com a vitória na partida — disse o centroavante Giovane Gomez. 

O atacante chegou para a disputa da Série D e se tornou titular da equipe. Artilheiro do Caxias com quatro gols, Gomez fez uma análise importante sobre a derrota para o Marcílio Dias. Segundo o jogador, faltou mais gana para o time grená e isso não pode acontecer novamente numa equipe que busca o acesso. 

— No meu ponto de vista, eu achei que entramos achando que o jogo estava ganho, mas não foi. Faltou vontade pra gente sair com essa vitória. Se o Caxias quer subir, tem que tomar a iniciativa logo no primeiro tempo. Entramos achando que faríamos o gol a qualquer momento — disse Giovane.

Depois de três vitórias na largada da Série D, o Caxias teve mais três partidas e não venceu. Pior do que isso: em nove pontos somou apenas um. Um desempenho bem diferente da equipe que disputou o Gauchão e o início da competição nacional. 

— Não é preocupante. A gente tem que ver os erros e saber os motivos das derrotas. Depois treinar bastante para melhorar. Tem muitos jogos ainda e precisamos nos concentrar em cada partida — comentou Giovane Gomez. 

No domingo (18), às 15h, o Caxias buscará a recuperação diante do Novorizontino. O time paulista lidera o grupo com um ponto a mais que o Grená, além de ter um jogo a menos. As duas equipes se enfrentam nesta última rodada do primeiro turno e na rodada inicial do returno, mas aí no interior paulista. 

— Vamos encarar com o fator casa. Temos que pontuar em casa contra eles, ver como eles vão jogar aqui e buscar a vitória lá em São Paulo também. Temos que esquecer essa derrota e focar no Novorizontino. Estudar bem eles e acredito que serão dois jogos bem difíceis — finalizou o centroavante. 

Leia Também
Polícia encontra caminhão que atropelou adolescente em Vacaria 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros