Caxias domina a partida, abre dois gols de vantagem, mas cede empate nos acréscimos - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série D25/10/2020 | 17h03Atualizada em 25/10/2020 | 17h11

Caxias domina a partida, abre dois gols de vantagem, mas cede empate nos acréscimos

Contra Marcílio Dias, Grená aumentou sequência sem vitórias para seis jogos

Caxias domina a partida, abre dois gols de vantagem, mas cede empate nos acréscimos Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias esteve perto de encerrar a sequência sem vitórias no Campeonato Brasileiro da Série D neste domingo (25). A última vez em que o time do técnico Rafael Lacerda ganhou foi no dia 1º deste mês, contra o Pelotas. Mas o jejum de cinco jogos aumentou para seis. Contra o Marcílio Dias, no Estádio Centenário, o grená abriu dois de vantagem, com Claudinho e Giovane Gomez. Porém, na reta final da partida, cedeu o empate, 2 a 2, e mantém a amarga série.

Leia mais
Para trazer os detalhes a seu favor, Caxias recebe o Marcílio Dias no Centenário 

Na próxima rodada, no sábado (31), o time de Lacerda joga novamente no Centenário, desta vez contra o Joinville. 

O Caxias começou o confronto no Centenário melhor que o adversário. Com o forte calor em Caxias do Sul, o jogo iniciou sem tanta velocidade. A primeira chegada, aos 12 minutos,  Eduardo Diniz cruzou da esquerda, em cobrança de escanteio, a defesa cortou e Diogo Oliveira, no rebote de fora da área, tentou, mas a bola saiu à direita do gol de Belliato.

A vantagem, porém, se apresentou aos 14. O Caxias saiu da defesa pela esquerda, Claudinho avançou e invadiu a área. O atacante limpou dois marcadores e finalizou com força para o fundo da rede, sem chance para o goleiro Belliato: 1 a 0 para o grená. 

Na frente do marcador, o Caxias seguiu pressionando. Aos 21, Giovane Gomez viu Ivan entrando livre pela direita, tocou para o lateral que finalizou, no meio do caminho a defesa conseguiu interceptar. Depois, aos 26, Diogo Oliveira cruzou da direita, a bola passou por toda a marcação e Claudinho tentou esticar a pé, mas não alcançou a bola.

O Marcílio Dias até rondou em alguns momentos a área grená, sem ser efetivo. Na única chegada de fato, aos 45, tabela entre Werinton e Luiz Renan, a bola sobrou para Marllon, que chutou à direita de Pitol. A saída para o intervalo foi com triunfo do Caxias.

O segundo tempo mal havia retornado e a vantagem já se ampliava. Aos 55 segundos, Giovane Gomez recebeu passe de Diogo Oliveira e, da intermediária ofensiva, arriscou no ângulo esquerdo de Belliato. Um golaço para fazer o 2 a 0 — o quinto do centroavante na Série D.

Aos 32, o grená quase ampliou com Diogo Oliveira. O meia fez a limpa na marcação do Marcílio e arriscou, buscando o canto direito de Belliato. A bola passou rente à trave.

Quando o jogo parecia dominado, aos 36, Anderson Ligeiro fez bela jogada pela esquerda, driblou marcadores e foi tocado por Rafael Goiano. Pênalti marcado para os visitantes. Marllon cobrou deslocou Pitol, tocou no canto esquerdo do goleiro grená, que voou para o outro lado: 2 a 1 para o Caxias.

O time catarinense começou a acreditar e, quando parecia que a sequência sem vitórias iria se encerrar, veio o castigo. Aos 48, a bola foi cruzada da direita e Hélio Paraíba, livre no meio da área, mandou um voleio para tirar de Pitol. Um empate amargo para um Caxias que dominou toda a partida.

FICHA TÉCNICA
Campeonato Brasileiro da Série D
Local:
Estádio Centenário, em Caxias do Sul
Data: 25/10/2020
Caxias 2x2 Marcílio Dias
Gols: Claudinho (C), aos 14min do primeiro tempo. Giovane Gomez (C), aos 55seg, Marllon (M), aos 37min, e Hélio Paraíba (M), aos 48min, no segundo tempo.

Caxias
Marcelo Pitol, Ivan, Rafael Goiano, Thiago Sales e Eduardo Diniz; Marabá (Vidaletti, 27/2°), Yuri, Carlos Alberto e Diogo Oliveira (Matheuzinho, 33/2°); Claudinho (Juninho Potigur, 19/2°) e Giovane Gomez (Campagnolo, 33/2°). Técnico: Rafael Lacerda

Marcílio Dias
Júnior Belliato, Luiz Renan (Medina, 14/2°), Luan, Wallace e Jerffeson Recife (Paulinho, int.); Daniel Pereira, Mikael (Alessandro,int.) e Marllon; Weriton, Nathan Ferreira (Anderson Ligeiro,int.)  e Zé Vitor (Hélio Paraíba, 31/2°).  Técnico: Waguinho Dias 

Árbitro: Diego da Silva(SE), auxiliado por André da Silva Bittencourt (RS) e Max Augusto Guimarães Vioni (RS).
Cartões amarelos: Daniel Pereira, Alessandro (M), Diogo Oliveira, Juninho Portiguar (C)

Leia também
Caxias desiste de implantar Centro de Bem-Estar Animal em 2020

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros