Pintado fala em "sabor amargo" após empate do Juventude com o Vitória - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série B14/09/2020 | 22h52Atualizada em 14/09/2020 | 22h52

Pintado fala em "sabor amargo" após empate do Juventude com o Vitória

Técnico alviverde comemorou melhora ofensiva e opções que ganha no grupo de atletas

Pintado fala em "sabor amargo" após empate do Juventude com o Vitória Porthus Junior/Agencia RBS
Juventude, do técnico Pintado, ficou no 1 a 1 com o Vitória Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude teve uma postura diferente contra o Vitória, nesta segunda-feira (14), no Estádio Alfredo Jaconi. Apesar disso, o empate em 1 a 1, no confronto válido pela 10ª rodada da Série B ficou abaixo do que a apresentação do time indicava. Ao final do jogo, o técnico Pintado avaliou a evolução, principalmente do setor ofensivo:

Leia mais
Juventude sai na frente, mas cede empate ao Vitória e desperdiça chance de retornar ao G-4

— As chances na frente apareceram. Os três atacantes de qualidade e velocidade. Hoje uma equipe muito ofensiva. A gente acaba arriscando a parte defensiva. Mas fica a lição e um sabor amargo, mas é um ponto que a gente soma.

A baixa do time alviverde na etapa complementar, com a melhora do Vitória e o empate do time baiano, não foi vista pelo treinador como um demérito de sua equipe, mas uma evolução do rival.

— Eu não vi uma queda de rendimento. Vi uma outra equipe que se posicionou diferente. Nós buscamos em seguida encontrar a solução para isso. Ainda no segundo tempo nós criamos oportunidades para vencer. E é seguir trabalhando — afirmou Pintado.

Sobre a oportunidade clara que o Juventude desperdiçou com Gabriel Novaes, aos 44 minutos do segundo tempo, o treinador alviverde se posicionou junto ao seu grupo e não colocou nesse lance exclusivamente o triunfo que esteve tão perto em casa:

— Eu sigo acreditando nos meus atletas. Não é porque errou um gol ou porque cometeu uma falha que a gente vai desistir. Sempre que a gente não vence, meu sentimento é ruim. Mas não posso avaliar só por isso, existem outros fatores. Senão a gente vai simplificar muito. Ainda assim, concordo que criamos mais opções. A equipe ofensivamente foi muito perigosa. Enfrentamos um adversário que vai brigar na parte de cima da tabela também.

Pela Série B, o Juventude só volta a campo no próximo dia 26 de setembro, contra o CSA, em Maceió. Antes disso, porém, terá dois enfrentamentos com o CRB, pela Copa do Brasil, em confrontos que valem a passagem para as oitavas de final da competição. O primeiro, no Estádio Alfredo Jaconi, será na quinta-feira (17). Do empate contra o Vitória, Pintado analisou fatores positivos que podem ser levados para esse jogo de mata-mata.

— A gente ganha mais opções, na verdade. Hoje, deu para perceber que nós temos mais opções. Atletas que entraram e ganharam essa oportunidade de jogar. Nós tempos um conjunto um pouco melhor.  Isso fica muito marcado e, dentro do trabalho, do planejamento que a gente tem, essa melhora vai acontecer gradativamente — afirmou Pintado, ponderando que a característica da competição muda também a atitude das equipes:

— O jogo de quinta-feira é outra história, é um campeonato em que temos que buscar fazer um bom resultado. São dois jogos, nós temos que ter muito cuidado.

Veja a entrevista completa do técnico do Juventude.

Leia também
Serra Gaúcha permanece na bandeira laranja por mais uma semana

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros