"O atacante tem uma responsabilidade enorme", diz novo camisa 9 do Caxias - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série D17/09/2020 | 17h20Atualizada em 17/09/2020 | 17h21

"O atacante tem uma responsabilidade enorme", diz novo camisa 9 do Caxias

Giovane Gomez, 25 anos, foi apresentado oficialmente nesta quinta-feira (17)

"O atacante tem uma responsabilidade enorme", diz novo camisa 9 do Caxias Vitor Soccol/Dinâmica Conteúdo
Foto: Vitor Soccol / Dinâmica Conteúdo

O Caxias apresentou mais um reforço para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro. O centroavante Giovane Gomez, de 25 anos, que estava no Remo, já está à disposição para a estreia contra o São Caetano, no próximo sábado (19), às 18h, no Anacleto Campanella.  O novo contratado atendeu à imprensa nesta quinta (17).

Leia Mais
"Eu acredito que possamos coroar o trabalho com o acesso", diz novo zagueiro do Caxias 
Caxias oficializa contratação de centroavante para a Série D
Técnico e três jogadores: os desfalques do Caxias por suspensão na estreia da Série D

Antes de defender o Remo, ele jogou no Pelotas e no Avenida. No clube da Zona Sul, se destacou. Em 2018, marcou sete gols na Divisão de Acesso e foi destaque na competição. No ano passado, ele foi artilheiro da equipe áureo-cerúlea na Copa Seu Verardi, com 11 gols. Agora, terá a chance de retomar o bom futebol pelo Caxias.

—Tive muitas oportunidades no Pelotas. Mostrei qualidade, mas quando fui para o Remo é uma competição diferente, um estado diferente e não me adaptei bem lá. As oportunidades que tive, creio que fui bem. Caxias é um clube grande e muito conhecido. Fiquei muito feliz quando surgiu o interesse — disse Gomez.

O jogador está bem fisicamente. Ele estava em atividade no Remo, apesar de não ter sido aproveitado nos últimos jogos. Ele participou de oito partidas no clube paraense.  A última foi no dia 24 de agosto, no empate em 0 a 0 com o Imperatriz-MA.

— Eu estou me adaptando novamente ao Rio Grande do Sul. Lá no Pará, eu fiquei três jogos de fora só treinando. Então, acredito que não perdi muito ritmo de jogo — afirmou.

No Caxias, Giovane Gomez terá a concorrência de Marcelo Campanholo na disputa pela camisa 9. Os dois brigam pela vaga deixada por Gilmar, que decidiu não permanecer no clube para a Série D. 

— O atacante tem uma responsabilidade enorme. Tem que fazer gol, porque se não fizer gol será muito criticado. Eu já vim com essa responsabilidade enorme de ajudar o Caxias e fazer gols. Vou treinar bastante para ajudar — comentou Giovane, que encerrou falando das características do sistema do Caxias e dele:

— O Lacerda gosta de jogar com dois atacantes rápidos abertos e eu gosto de me posicionar mais, me movimentar também para entrada dos atacantes nas diagonais. Como alguns me conhecem, movimento bastante no sistema ofensivo. Acredito que isso vai ajudar bastante. 

Leia Também
Governo do Estado irá liberar realização de eventos corporativos

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros