"Esquecendo" a vantagem, Juventude encara o CRB pela Copa do Brasil - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Vale vaga22/09/2020 | 05h55Atualizada em 22/09/2020 | 05h55

"Esquecendo" a vantagem, Juventude encara o CRB pela Copa do Brasil

Duelo, no Estádio Rei Pelé, começa às 19h desta terça-feira (22)

"Esquecendo" a vantagem, Juventude encara o CRB pela Copa do Brasil Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude entra em campo, a partir das 19h desta terça-feira (22), podendo até perder para o CRB, na partida de volta da quarta fase da Copa do Brasil. Depois de triunfar por 2 a 0 em casa, na quinta-feira passada, a equipe alviverde pode até terminar o duelo de hoje um gol atrás do rival, no Estádio Rei Pelé, que ainda assim estará garantido nas oitavas de final da competição. No entanto, essa margem não é nem pensada pelo grupo de atletas e pela comissão técnica, que vão para o embate em Maceió com pensamento diferente.

Leia mais
Saiba tudo sobre o CRB, adversário do Juventude na Copa do Brasil

— Primeiro, esquecer a vantagem. Temos que ter a consciência de que é mais um jogo.  Conversei com os atletas que temos que jogar como se nós estivéssemos precisando do resultado. Tenho certeza que nossa equipe, com a necessidade de fazer o resultado nesse segundo jogo teria um posicionamento diferente. Dormiríamos e nos alimentaríamos de uma maneira diferente. A necessidade traz essa atenção — disse o técnico Pintado.

A fala do treinador é corroborada pelo volante Gustavo Bochecha, que ganhou a titularidade nas últimas partidas:

— Sabemos que é uma boa vantagem, mas o pensamento é de vitória o tempo inteiro. Não podemos entrar relaxado, o CRB tem um time bem competitivo, com jogadores experientes.

No espaço de um mês e meio, é a terceira vez em que Juventude e CRB se enfrentam. Depois de dois confrontos no Jaconi com vitórias alviverde, agora o duelo é na casa do adversário. Ainda assim, é inegável que a partida de hoje tem característica especial. Até porque um dos dois não vai adiante na competição.

— As duas equipes se conhecem um pouco mais, já têm mais informações uma da outra. Acredito que deva haver alguma mudança no CRB para tentar nos enfrentar. Nós temos que ter atenção com toda equipe do CRB. É uma equipe forte, igual a do Juventude. Não tem ninguém com vantagem aí. Temos que saber usar essa força que temos e do bom momento que a gente vive — concluiu Pintado.

CIFRAS

Se no duelo contra o América-RN, na fase anterior da Copa do Brasil, Pintado falou de pressão para avançar e garantir uma receita orçada pelo clube, agora o treinador admite o interesse financeiro que há na competição. Se chegar nas oitavas, o alviverde colorará mais R$ 2,6 milhões nos cofres. No entanto, o treinador acredita que não se pode esquecer o princípio técnico de evolução da equipe.

— A grande atração da Copa do Brasil são os valores (de premiação). É inegável isso, todo mundo sabe. Todos os clubes hoje precisam desses valores e cai muito bem para qualquer equipe. Para nós, não é diferente. A gente luta aqui também para poder ajudar o clube no que for possível. Já entraram valores importantes que nos ajudam também a ter tudo em dia e ter boas condições de trabalho. Ao mesmo tempo, a nossa preocupação é continuar lutando para melhorar, seguir jogando bem e entregando o melhor para conseguir os melhores resultados — concluiu Pintado.

Leia também
Prefeitura de Caxias do Sul lança Plano Diretor de Arborização Urbana

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros