Em busca de sequência, atacante do Juventude trata estreia na Série B como final - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Breno03/08/2020 | 19h15Atualizada em 03/08/2020 | 19h19

Em busca de sequência, atacante do Juventude trata estreia na Série B como final

Equipe alviverde encara o CRB no sábado (8), no Estádio Alfredo Jaconi

Em busca de sequência, atacante do Juventude trata estreia na Série B como final Arthur Dallegrave/EC Juventude
Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude

O Juventude começa às 11h do sábado (8) a caminhada na Série B do Campeonato Brasileiro. Contra o CRB, no Estádio Alfredo Jaconi, a equipe alviverde faz a estreia na competição nacional na busca por uma regularidade que pode ser decisiva para que os objetivos do time na segunda divisão nacional sejam alcançados. O primeiro destes, é conseguir uma boa arrancada diante da equipe alagoana.

Leia mais
Direção do Juventude planeja novas contratações e não descarta saídas

— A primeira batalha de muitas que vamos ter nesse Brasileiro. O Marcelo Carné falou uma coisa bem interessante no treino, que são 38 finais. Os três pontos da primeira rodada são os mesmos do final. Então vamos focados para esse jogo para tentar arrancar com o pé direito — afirmou o atacante Breno.

Pensando na tabela, o intuito inicial da equipe alviverde é se garantir na competição em 2021 sem grandes sustos. Nas últimas participações do Juventude na Série B, conseguiu com tranquilidade a permanência em 2017 e, no ano seguinte, não soube aproveitar as inúmeras chances de deixar a zona de rebaixamento e acabou caindo para Série C.

Em 2019, após conseguir o acesso com o Juventude, Breno foi emprestado ao Figueirense. No time catarinense, à época comandado pelo técnico Pintado, o atacante foi uma peça importante na incrível campanha de recuperação para evitar o rebaixamento. Pela dificuldade encontrada na temporada passada é que o jogador traça o caminho a ser percorrido:

— O primeiro objetivo nosso é livrar da zona de risco, entrar tentando os pontos que nos tiram da parte de baixo e depois sim, pensar na parte de cima. O elenco que está sendo montado vai brigar pela parte de cima, é muito qualificado.

Apesar de ter um papel decisivo em diversos jogos do Juventude na Série C de 2019, Breno não chegou a ser titular incontestável da equipe então comandada por Marquinhos Santos. Depois das boas participações nos três jogos do retorno do Gauchão, Breno confia que possa conquistar o espaço para a continuidade da temporada.

— Ano passado, eu não tive sequência. Fui prejudicado nesse sentido. Agora, o professor Pintado me conhece. Não tem ninguém com vaga garantida, ninguém é titular. Todo mundo vai ter que provar jogo a jogo e eu vou com o pensamento de que todo jogo é uma final para mim — concluiu o atacante.

Leia também
Serra retorna à bandeira laranja no modelo de distanciamento controlado do RS


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros