Pedro Ken não deve permanecer no Juventude para o Campeonato Brasileiro - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

De saída08/07/2020 | 15h31Atualizada em 08/07/2020 | 15h31

Pedro Ken não deve permanecer no Juventude para o Campeonato Brasileiro

Meia está encaminhando "empréstimo" para time rival do Papo na Série B

Pedro Ken não deve permanecer no Juventude para o Campeonato Brasileiro Arthur Dallegrave/EC Juventude
Meia deve ir para o Operário-PR Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude

O meia Pedro Ken não deve sequer jogar sob o comando do técnico Pintado com a camisa do Juventude. Essa é a tendência com o acordo próximo entre o jogador e o Operário-PR, que também disputará o Campeonato Brasileiro da Série B.

Leia mais
Lateral do Juventude prega cautela para retorno dos jogos no Rio Grande do Sul 

Segundo o vice-presidente de futebol alviverde, Osvaldo Pioner, a vontade de sair foi do jogador. Agora, a direção do clube busca a melhor maneira para que o desligamento ocorra sem prejuízos futuros ao Ju.

— Pedimos que ele se apresentasse, como funcionário do clube. Então ele falou que surgiu a possibilidade de um empréstimo. Pedimos para que ele ficasse mais dois ou três dias para tratarmos dessa situação. E é o que está se tentando agora — afirma Pioner.

Além do acordo entre o atleta e o clube paranaense, a direção do Juventude também precisa estar de acordo com alguns pontos para que um "empréstimo em definitivo" seja concretizado.

— Falta nós também acertarmos. Uma das condições de ceder esse empréstimo é ter uma rescisão, porque ele vai e não volta. Termina em novembro o contrato dele. Então precisa acertar questões jurídicas para fazer isso, que não é tão simples — diz o dirigente alviverde, explicando que a mudança da filosofia de jogo pode ter motivado a escolha de Pedro Ken em não seguir no Alfredo Jaconi:

— Ele ia voltar para o Pintado olhar melhor no grupo, ver se encaixava em alguma posição. Mas, dentro do discurso que estamos pregando de ter um grupo com mais intensidade, velocidade e movimentação. Ele é um cara mais técnico, cadenciado para jogar. Pode ser que ele tenha pensado que era melhor aproveitar que tinha outro clube interessado e ir.

Como ainda será preciso observar como o time se encaixará com a chegada dos reforços, a direção alviverde ainda aguarda para saber se precisará contratar uma peça de reposição.

Edcarlos aguarda teste

Assim como Pedro Ken, o zagueiro Edcarlos também não havia retornado para Caxias do Sul.  A razão, segundo Pioner, é que os dois jogadores esperavam uma confirmação de que os treinamentos não seriam interrompidos novamente. Como existe a possibilidade dos treinamentos físicos mesmo que a cidade entre na bandeira vermelha do modelo de distanciamento controlado do governo do Rio Grande do Sul, foi solicitado o retorno dos atletas.

Agora, Edcarlos aguarda o resultado do seu teste para a covid-19. Caso o exame seja negativo, o defensor será integrado em um dos grupos de treinamentos. A equipe alviverde tem trabalhado dividida para evitar atividades com aglomeração, enquanto não são liberados os treinos coletivos.

Leia também
VÍDEO: "Foi a pior enchente da cidade", conta moradora de Santa Tereza

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros