"Eu acredito que podemos voltar ao nível anterior", afirma lateral-direito do Caxias - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Retorno grená29/06/2020 | 15h34Atualizada em 29/06/2020 | 15h34

"Eu acredito que podemos voltar ao nível anterior", afirma lateral-direito do Caxias

Ivan foi um dos destaques na campanha do título do primeiro turno do Gauchão

"Eu acredito que podemos voltar ao nível anterior", afirma lateral-direito do Caxias Vitor Soccol/Divulgação / SER Caxias
Foto: Vitor Soccol / Divulgação / SER Caxias

O Caxias iniciou a segunda semana de treinamentos na expectativa do retorno do Campeonato Gaúcho. Ainda não existe data oficial para retomada da competição, mas dificilmente ela recomeçará no dia 19 de julho. O clube é finalista do Estadual e se vencer o segundo turno elimina a possibilidade de uma decisão. 

Leia Mais
Governo do Estado afirma que análise para volta do Gauchão não está concluída

A equipe grená estava em ótima fase antes da parada do futebol. Agora, resta saber se o time conseguirá uma volta ao mesmo nível anterior. 

- Eu entendo que sim. Teremos um tempo hábil para treinar. O Samir (preparador físico) e a comissão técnica têm tomado todas as precauções. Eu acredito que podemos voltar ao nível anterior -  disse o lateral-direito Ivan.

A boa campanha no primeiro turno, que culminou com o título da Taça Ewaldo Poeta, teve no lateral um dos principais destaques. Seja marcando gols ou dando assistências. No entanto, a ótima fase foi interrompida devido à pandemia e todos vivem a incerteza da retomada do Gauchão, inclusive Ivan.

- É bem difícil e complicado. O futebol nunca passou por um momento assim, mas temos tentado trabalhar dia a dia, treinar e deixar as coisas externas para os órgãos de saúde decidirem - afirmou o jogador.

A paralisação das competições causou uma série de prejuízos ao Caxias, técnicos, táticos, físicos e econômicos. Agora, será o momento de buscar a retomada para busca o bicampeonato gaúcho, quando a competição for confirmada.

- O principal foi o prejuízo físico. Ficamos muito tempo inativos, mas acho que a gente consegue chegar próximo ao que vinhamos fazendo. Todos os clubes foram prejudicados. O Caxias um pouco mais, por estar na final e não tem ter o torcedor ao seu lado - finalizou Ivan.

Leia Também
Pai é preso por esconder maconha em tênis para filho em penitenciária de Caxias do Sul




 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros