Autor de gol contra o Grêmio em 2000 recorda conquista histórica com o Caxias - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Na lembrança20/06/2020 | 12h02Atualizada em 20/06/2020 | 12h02

Autor de gol contra o Grêmio em 2000 recorda conquista histórica com o Caxias

Ex-jogador Márcio Hahn marcou na vitória por 3 a 0 no Estádio Centenário

Autor de gol contra o Grêmio em 2000 recorda conquista histórica com o Caxias Nereu de Almeida/Agencia RBS
Foto: Nereu de Almeida / Agencia RBS

Duas décadas se passaram desde aquela quarta-feira, 21 de junho de 2000, quando o Caxias conquistou o título Gaúcho em cima do milionário Grêmio. No entanto, a memória continua firme e forte para uma glória inédita. O ex-jogador Márcio Hahn foi o autor do terceiro gol na vitória por 3 a 0, no Centenário, e faz parte desse feito.

- Uma emoção indescritível. O gol mais importante da minha carreira. Foi um gol de título - recordou Márcio.   

Leia Mais
Jogos marcantes: Caxias goleia o Grêmio e fica próximo do título gaúcho
QUIZ: teste seus conhecimentos sobre personagens do Caxias  

Hoje aos 42 anos, prestes a completar 43, o ex-meio-campista trabalha como auxiliar do América-MG, com o técnico Lisca. Ele deixou os gramados e pendurou as chuteiras em 2017. 

- As lembranças são as melhores possíveis. Era um grupo focado, muito trabalhador, sabia o que queria, um grupo muito unido. Essa união e o trabalho do dia a dia fez a gente conquistar esse título inédito para o Caxias - lembra Hahn. 

Pelo Caxias, foram duas passagens. Primeiro, ainda jovem, com a conquista do Estadual, e depois em 2011, na Série C. Ele disputou 20 partidas e marcou três gols. Não foram muitos jogos, nem mesmo muitos gols. No entanto, foi o suficiente para eternizar seu nome no clube. 

- Em 2000, era um grupo muito unido e sem vaidade alguma. Um grupo trabalhador, focado. Sabíamos que era uma oportunidade grande de conquistar o título. Sabíamos da dificuldade, mas era a grande oportunidade. 

Comandados pelo jovem técnico Tite, os jogadores grenás tiveram uma noite de luxo na vitória por 3 a 0 no Centenário. Depois, veio a confirmação no Olímpico. 

- O grande diferencial foi o poder de concentração da nossa equipe. Sabíamos das nossas limitações. O Grêmio era uma grande equipe, com grandes jogadores como Ronaldinho, Zinho, jogadores internacionais como Astrada e Amato. A gente sabia da qualidade do outro lado e sabíamos que não podíamos errar. O poder de concentração teria que ser altíssimo. O Tite foi muito importante neste processo de dar moral para os atletas e estudar o adversário. Conseguimos esse título que até hoje é lembrado. É um título inédito. Feliz por ter participado dessa conquista com o Caxias - finalizou o atleta, que era um dos mais jovens no grupo campeão gaúcho.

Leia Também
QUIZ: você conhece os estrangeiros que passaram pelo Caxias?
Quiz: que jogo do Caxias foi esse?
Quiz: você conhece esses jogadores que vestiram a camisa do Caxias?  


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros