Após atualização do governo estadual, ACBF muda planejamento de treinos - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Bandeira vermelha15/06/2020 | 14h28Atualizada em 15/06/2020 | 14h28

Após atualização do governo estadual, ACBF muda planejamento de treinos

Equipe laranja treinava com restrições desde a metade de maio

Após atualização do governo estadual, ACBF muda planejamento de treinos Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

A ACBF ficou quase 60 dias sem treinamentos até o retorno na segunda quinzena de maio. No entanto, após quatro semanas de treinos, a nova atualização do modelo de Distanciamento Controlado do governo do Estado obrigou o clube a alterar o planejamento das atividades. Agora, por pelo menos duas semanas, os trabalhos serão preventivos com cada jogador na sua casa e, às vezes, em pequenos grupos em áreas abertas da cidade de Carlos Barbosa.

Leia Mais
ACBF envia carta de agradecimento e máscaras personalizadas aos sócios
"Retornamos com todos os cuidados", afirma capitão da ACBF
De volta aos treinos: conheça o protocolo da ACBF

- Estamos planejando aquela retomada de treinamentos preventivos com trabalhos por videoconferência. Também devemos fazer trabalhos com equipes reduzidas em áreas abertas. Estamos voltando alguns passos no nosso protocolo de retorno - explica o gestor executivo da ACBF, Francis Berté.

Essa involução na retomada das atividades tem consequências diretas na preparação física dos atletas, que ficaram muito tempo parados e, agora, terão nova interrupção, mesmo que parcial. Por exemplo, os números de composição corporal e de salto vertical dos jogadores estavam melhores na semana passada na comparação com o reinício dos treinos em maio. Agora, será uma preocupação para a comissão técnica.

- A gente tinha alcançado melhoras significativas em quatro semanas de treinos, o que me deixa chateado porque estávamos alcançando números ótimos mais uma vez. A gente espera que essa parada seja a mínima possível para retomar o quanto antes. Vamos perder mais uma vez o que conquistamos, não em níveis drásticos, mas vamos frear essa melhora. Isso acarreta mais cuidados no retorno -  diz o preparador físico Alexandre Baldasso, o Micuim. 

Leia Também
Primeiro dia com novas restrições tem lojas abertas e ruas mais vazias em Caxias


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros