VÍDEO: treino físico de jogadores do Juventude gera polêmica nas redes sociais - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Em campo17/05/2020 | 21h27Atualizada em 17/05/2020 | 22h47

VÍDEO: treino físico de jogadores do Juventude gera polêmica nas redes sociais

Ju afirma que iniciativa partiu dos atletas e não tem exigência do clube

VÍDEO: treino físico de jogadores do Juventude gera polêmica nas redes sociais Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

CORREÇÃO: O treino apresentado no vídeo ocorreu no campo do São Francisco, time amador de Caxias do Sul, e não do São Virgílio, como informado em um primeiro momento. A informação errada permaneceu publicada até as 22h30min, deste domingo (17).

Caxias e Juventude ainda não têm autorização da Prefeitura de Caxias do Sul para retornar aos treinamentos nas suas dependências, seja no Centenário ou  Alfredo Jaconi, ou em academias e CT's dos clubes.  Além disso, a dupla Ca-Ju acertou, em acordo junto ao órgão municipal, que ambos retornarão aos treinos em conjunto na mesma data, possivelmente no final de junho. 

Leia Mais
Conheça o jogador do Brasil-Fa que virou servente de obras durante pandemia

No entanto, um vídeo com seis jogadores do Juventude treinando fisicamente na semana passada, de maneira individual, num campo de uma equipe amadora de Caxias do Sul, tem gerado polêmica nas redes sociais. Participam da atividade o goleiro Marcelo Carné, o lateral Samuel Santos, o volante Bruno Camilo, os atacantes Bruno Alves e Iago Dias, e o meio-campista da base Ronald. 

Nas redes sociais, torcedores do Caxias questionam o treinamento. Segundo o diretor-geral de futebol do Juventude, Osvaldo Pioner, os atletas alviverdes treinam por motivação própria para manter o condicionamento, sem a determinação ou obrigação do clube.

— Sexta-feira (15) fizemos uma reunião com todo o grupo para passar as informações em discussão e da Federação (Gaúcha de Futebol). Em Caxias, nós não estamos autorizados a trabalhar. Então, colocamos para eles que devem, sob sua responsabilidade, maturidade e profissionalismo procurarem se manter em forma. Pode ser em academia ou se movimentar por aí. O CT do Juventude está totalmente fechado e não liberamos trabalho nenhum. A academia do clube também está fechada, não é permitido — disse Pioner, que completou sobre esse vídeo, nas redes sociais:

— Nós não temos esse controle. Não vou te dizer que não tenha, pode ser que tenha. A gente sabe que tem em academias. Eles estão se puxando por eles, é o profissionalismo de cada um. Se tem alguém, num campo particular ou nos seus bairros, fazendo algum movimento, não tem acompanhamento e orientação do clube. Não é uma determinação do Juventude.  Se fosse para fazer algum trabalho de campo, nós temos o CT. O ideal seria lá, não em campinhos por aí. Não temos esse controle sobre eles. 

O campo utilizado para o treino, do vídeo que circula pelas redes sociais, foi o do São Francisco,  que disputa a Copa União de Clubes, tradicional campeonato de futebol amador de Caxias do Sul. 

— Ele (Galgaro) pediu autorização para o pessoal que mora ali perto do campo e faz parte da comunidade. Eu disse que a partir de agora não treina mais para evitar dar algum problema na comunidade — conta Mário Costa, presidente do São Francisco.

Em um segundo momento, o grupo passou a treinar no campo do Esporte Clube São Virgílio. No entanto, segundo o presidente desse time, Vinicius Marchiori, por pedido dos sócios, o espaço não será mais emprestado.

— O Marcos Galgaro (profissional do Juventude) tinha me pedido e eu emprestei. Eles estavam indo toda a semana com apenas seis atletas, mas como pertence à comunidade e tem os sócios, eles começaram a reclamar porque tinha pessoal de fora indo ali. Pedi para eles não irem mais — disse o presidente do São Virgílio.

Marcos Galgaro, fisiologista e auxiliar da preparação física do Juventude, foi quem gravou o vídeo e confirma que os treinos aconteceram, mas garante que não houve exigência nenhuma do clube. As atividades foram por iniciativa dos jogadores.

— A maioria dos atletas está fora da cidade, eu recomendo que podem correr ao ar livre e façam atividades. No treinamento, eu estava levando três vezes por semana no campo, sem exigência do clube. Os atletas que vieram me procurar. Como a maioria é de fora, não conhece outro personal. Eu também me coloquei à disposição, mas não fomos obrigados pelo clube — afirmou Galgaro.

Assista ao vídeo

Leia Também
UCS e equipes esportivas arrecadam mais de duas toneladas em ação solidária


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros