Presidente do Caxias sugere duas sedes para últimas rodadas do Gauchão - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Na resolvido06/05/2020 | 17h39Atualizada em 06/05/2020 | 17h39

Presidente do Caxias sugere duas sedes para últimas rodadas do Gauchão

Paulo Cesar Santos vê a Serra e a Capital como os melhores locais para finalização do Estadual

Presidente do Caxias sugere duas sedes para últimas rodadas do Gauchão Antonio Valiente/Agencia RBS
Gauchão está paralisado desde o dia 16 de março; Caxias parou atividades logo depois Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

O Campeonato Gaúcho não voltará no mês de maio. Isso é um fato já consumado e uma mudança de cenário seria algo surpreendente. Enquanto o Governo do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, analisa a proposta da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), o Estadual está parado e, considerando o tempo de intertemporada necessário, se voltar é só no mês de junho.

Leia Mais
Após desistência, adversário do Caxias anuncia que disputará a Série D

Em reunião entre a FGF e os clubes, na tarde desta quarta-feira (6), a entidade que comanda o futebol garantiu aos clubes que retornarem aos treinos 50 testes para o coronavírus. Na reapresentação de cada time, representantes da Federação realizam a coleta de material para detectar a presença, ou não, da covid-19. Mas isso depende de cada município. Nesta quinta (7), o presidente do Caxias, Paulo Cesar Santos, terá uma reunião na Secretaria Municipal da Saúde (SMS) para tentar liberar a volta aos treinos na cidade.

Sem uma data para um retorno do futebol, o dirigente grená vê que a única alternativa no momento seria reduzir as sedes. Paulo Cesar sugeriu que a Serra Gaúcha e Porto Alegre reúnam as 12 equipes para que se termine a primeira fase, restando três rodadas. 

— Sugeri essa redução de locais e entendo que pode centralizar em Bento Gonçalves e Caxias, o que ficaria melhor para São Luiz e Ypiranga virem. E Porto Alegre, que é melhor para as equipes de Pelotas. Com menor circulação de pessoas, sem torcidas, temos estrutura para resolver o campeonato — ressaltou Paulo Cesar.

A intenção é terminar pelo menos a primeira fase, definir os clubes que avançam de etapa, depois pensar nas sedes da fase final. Enquanto não se tem resposta do governo do Estado, os clubes aguardam uma data para definirem tempos de contratos dos jogadores e ter uma resolução da competição.

Leia Também
CIC de Caxias do Sul pede que nova licitação para o transporte coletivo fique para o próximo governo

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros