Intervalo: dura missão para Caxias e Juventude - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião20/05/2020 | 06h06Atualizada em 20/05/2020 | 06h06

Intervalo: dura missão para Caxias e Juventude

Clubes terão que driblar as receitas diminuídas para manter finanças em dia

Intervalo: dura missão para Caxias e Juventude Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Com a definição que o futebol não retorna, pelo menos até julho, Caxias e Juventude terão meses importantes fora de campo.  O planejamento de suas finanças será fundamental para a retomada, quando acontecer.  Os dois clubes tiveram quedas importantes com receitas, e a tendência é diminuir ainda mais.  

Leia Mais
Com queda de receitas, presidente do Juventude explica acordo com atletas
"O sócio nos dá a condição de manutenção do elenco", diz presidente do Caxias

Por isso, será fundamental a permanência do sócio com os pagamentos em dia. Claro, que aqueles que puderem fazer isso e estiverem numa condição financeira favorável em meio à crise. Tanto Caxias quanto Juventude trabalham e buscam alternativas para minimizar a perda de sócios. Para isso, terão que buscar ações e alternativas para que o associado siga fiel, mesmo sem jogos e com a crise econômica que o país enfrenta. 

Sinceramente, não queria estar na pele dos presidentes Paulo Cesar Santos e Walter Dal Zotto Jr neste momento. Dura missão para Caxias e Juventude. Ambos terão que trabalhar suas finanças com muito cuidado. 

Leia Também
Setor cultural aguarda resposta do prefeito sobre as medidas de enfrentamento da crise

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros