Com queda de receitas, presidente do Juventude explica acordo com atletas - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Sem futebol19/05/2020 | 16h00Atualizada em 19/05/2020 | 16h00

Com queda de receitas, presidente do Juventude explica acordo com atletas

Clube e jogadores definiram a redução salarial

Com queda de receitas, presidente do Juventude explica acordo com atletas Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude teve reduções importantes nas suas receitas com a paralisação do futebol. Sem as competições, o clube perdeu rendas de bilhetaria, diminuiu o número de sócios com pagamento em dia, cotas de TV estão sendo renegociadas e patrocinadores diminuindo suas contribuições.

Leia Mais
Juventude anuncia redução salarial do grupo de jogadores

Com isso, o clube foi obrigado a negociar com o elenco a redução salarial para os próximos meses.  O acordo reduz os salários em 50%, durante o período de 60 dias.  A direção e os atletas também chegaram a um acordo que prevê desconto de 40% no valor dos direitos de imagem dos meses de maio e junho. Já os direitos de imagem de março (referente ao período de 15 dias) e abril serão prorrogados para 2021. 

- Foi tudo certo, sem problemas. Todos aceitaram. Estamos reduzindo o fluxo mensal de caixa em 50%. Nós protelamos as imagens de metade março e toda de abril, para o ano que vem. E a outra é a redução de 60 dias em 50% - disse o presidente Walter Dal Zotto Jr.

Entre as quedas de receitas está a diminuição do pagamento de um dos patrocinadores. O Banrisul já sinalizou informalmente que pretende reduzir em 50% o valor pago durante o período sem jogos. 

Leia Também
Prefeitura de Caxias confirma segunda morte por coronavírus ocorrida na cidade



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros