Caxias divulga protocolo de retorno progressivo ao treinos - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

No aguardo 18/05/2020 | 16h03Atualizada em 18/05/2020 | 19h10

Caxias divulga protocolo de retorno progressivo ao treinos

Clube demonstra todos cuidados para a volta às atividades quando for autorizado pela prefeitura

Caxias divulga protocolo de retorno progressivo ao treinos Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Mesmo ainda sem autorização da prefeitura para retornar aos treinos, e isso só deve acontecer no final de junho, o Caxias divulgou o seu protocolo de retorno progressivo aos treinamentos com todas as recomendações do departamento médico. O documento tem 17 páginas e orienta os profissionais com cuidados em casa, saída para o clube, chegada no estádio Centenário e indicações para durante e após os treinamentos.

Leia Mais
Técnico Lacerda e lateral Ivan do Caxias distribuem marmitas para moradores de rua 

Além disso, apresenta todas as orientações quanto à higienização, uso de equipamentos de proteção individual, de isolamento e distanciamento e até o manejo clínico de caso suspeito pela covid-19. Os exames para covid-19 serão a cada 10 dias, mesmo que os indivíduos estejam assintomáticos. Os atletas e profissionais do futebol terão que utilizar máscaras durante os treinamentos. 

- O Departamento Médico do Caxias entende que o retorno progressivo aos treinos em clube profissional de futebol somente seja autorizado após a flexibilização de retorno das atividades esportivas pelas autoridades de saúde nas três esferas (Federal, Estadual e Municipal) e, também, do Protocolo Oficial de Retorno pela CBF - diz o protocolo do clube, que complementa:

- Por meio do que escrevemos neste documento, iremos expor medidas para que, quando autorizado o retorno às atividades, possamos zelar, com o máximo rigor, pela saúde dos funcionários, da comissão técnica, dos jogadores e, inclusive, de toda a sociedade em que estamos inseridos.

O plano de ação do Caxias está dividido em oito etapas, com instruções. Inicialmente, todos os profissionais, atletas, comissão técnica e funcionários devem realizar uma série de exames como de sorologia, aproximadamente 48h antes da reapresentação para o primeiro treino, que detecta os anticorpos IgG. O exame ajuda a identificar com mais precisão pessoas que podem ter sido infectadas pela covid-19.

Os exames para covid-19 serão a cada 10 dias. Isto se faz necessário para prevenir transmissão de infecção e em virtude da janela imunológica da doença, de sete a 10 dias. 

Os profissionais que apresentarem sintomas no retorno às atividades, ou se houver necessidade, serão submetidos ao exame de RT-PCR, de acordo com parecer do departamento médico do clube. Neste momento, tanto o indivíduo, quanto aqueles que tiveram contato próximo (por exemplo, os atletas do mesmo grupo reduzido de treinos) serão preventivamente afastados até o resultado do exame daquele que estava sintomático.

Todos os outros indivíduos que tiveram contato próximo com o doente (por exemplo, os atletas do mesmo grupo reduzido de treinos) deverão, obrigatoriamente, ser submetidos ao exame de RT-PCR para investigação epidemiológica.

Também será criado um questionário, chamado “return to play”, com pontuação, objetivando identificar precocemente todos casos suspeitos. O monitoramento será diário dos atletas, comissão técnica e staff através da análise desse material. 

Equipamento de proteção individual e treinos

Caxias divulga procotocolo médico contra covid-19<!-- NICAID(14502430) -->
Foto: SER Caxias / Divulgação

Na portaria do clube, sem descer do carro, o atleta terá sua temperatura corporal aferida por um termômetro infravermelho. O funcionário responsável pela aferição da temperatura corporal deverá, obrigatoriamente, utilizar todos os equipamentos de proteção individual como: capacete do tipo Face Shield, óculos de proteção, Máscara N95, luvas de procedimento descartáveis, macacão impermeável, com capuz e botas impermeáveis. 

Todas as pessoas que entrarem no centro de treinamento terão sua temperatura aferida por termômetro digital infravermelho. Caso a temperatura esteja acima de 37,5ºC, o médico determinará a conduta adequada. Se outros sintomas, obrigatoriamente, deverá se fazer teste RT-PCR para Covid19 e, consequentemente, afastamento.

Além disso, antes de descer do carro, todos devem limpar as mãos com álcool gel e se certificar de que esteja usando máscara. Deve manter seu uso durante todo o período em que permanecer dentro do CT. Os jogadores não terão acesso aos vestiários. Todos receberão, no primeiro dia de retorno, os kits de uniformes de treinamento e farão a higienização em seus domicílios.

Os treinos acontecerão em grupos de seis a oito jogadores, mantendo o distanciamento de dois metros entre os mesmos nas atividades, incluindo membros de comissão técnica. 

Outras orientações


* Não dar carona. Os atletas não deverão compartilhar o mesmo veículo para diminuir o risco de contágio;

* Dirigir da sua casa para o centro de treinamento sem parar em nenhum local, exceto em casos que seja extremamente necessário. Em caso de parar em outro lugar, manter os cuidados de distanciamento;

* No clube, não cumprimentar ninguém com abraço, beijo ou aperto de mãos;

* Cada jogador deverá levar sua garrafa para hidratação e suplementação. A higiene dos mesmos deverá ser realizada em casa;

* Cada atleta deverá zelar pelo seu material, não sendo permitido compartilhar toalhas, coletes, meias, chuteiras e caneleiras.

Leia Também
Tribunal de Justiça derruba liminar que proibia AirBNB de atuar em Gramado


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros