Jogos marcantes: 14 mil grenás assistiram o Caxias golear o CRB em 33 minutos - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Você lembra?09/04/2020 | 07h06Atualizada em 09/04/2020 | 07h06

Jogos marcantes: 14 mil grenás assistiram o Caxias golear o CRB em 33 minutos

Equipe grená precisava vencer por 3 a 0 e conseguiu com apoio da torcida

Jogos marcantes: 14 mil grenás assistiram o Caxias golear o CRB em 33 minutos Ricardo Wolffenbüttel/Agencia RBS
Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Agencia RBS

O dia era sábado, 1º de dezembro de 2001. O campeonato era a Série B do Brasileiro. O local, foi o Estádio Centenário. Depois de levar uma goleada em Maceió, o carrossel do CRB tanto gi­rou, que chegou tonto a Caxias do Sul. O Caxias teve uma atuação irrepreensível,  conseguiu reverter a situação e venceu por 3 a 0. Era mais um grande passo na buscar pelo acesso.

Leia Mais
Jogos marcantes: relembre a virada histórica do Caxias na Copa do Brasil
Jogos marcantes: relembre uma das maiores viradas da história do Caxias

O time grená precisou de apenas um terço dos 90 minu­tos para reduzir a vantagem alagoana. Na base da garra, da superação e dos apitos das arquibancadas, os 3 a O vie­ram de forma natural e, até certo ponto, surpreendente. Foram necessários apenas 33 minutos para o Caxias reverter o que parecia um sonho. A vitória classificou o time para quadrangular final da Série B do Brasileiro de 2001.

A proposta do Caxias, de sufocar o adversário no seu campo, teve rapidamente resultado. Aos três minutos, Luís Paulo cruzou da direita e Maurício, sozinho na pequena área, cabeceou para abrir o placar. A pressão grená continuou e aos 17 minutos, pelo mesmo lado, Ci­ro fez a jogada e cruzou para a área. A za­ga do CRB se atrapalhou e a bola sobrou para Gil Baiano. O meia chutou no canto direito do goleiro Paulo Renato. O êxtase tomou conta no Centenário.

Para melhorar, aos 33, Cléber, em jogada individual após novo erro do adversário, tirou o zagueiro e, na entrada da área, chutou: 3 a O. No segundo tempo, foi a hora de administrar. O Caxias diminuiu o ritmo e o CRB não teve mais for­ças para buscar o gol. E o que antes do jo­go era um sonho, virou realidade. 

Em 33 minutos, tempo suficiente para extravasar de vez a emoção dos mais de 14 mil torcedores que acreditaram num time de coração e alma. O técnico Joel Cornelli aproveitou o momento de eu­foria para desabafar após o jogo:

— Quero que analisem o trabalho em campo. No início do ano, recebi críticas, mas quase ninguém se deu conta do material humano e das condições que eu tinha para trabalhar. Para enfrentar os adversários que enfrentamos na Copa Sul-Minas, nosso grupo era uma piada.

Capa do Jornal Pioneiro do dia 3 de dezembro de 2001Foto: Centro de Memória / Câmara Municipal de Caxias

Ficha técnica
Caxias 3x0 CRB - Série B 2001
Data: 01/12/2001
Local: Estádio Centenário
Árbitro: Etevaldo Batista de Araújo
Gols:  Maurício aos 3 minutos, Gil Baiano aos 17 e Cléber aos 33, do primeiro tempo

Caxias
Sadi; Luis Paulo, Jairo Santos, Felipe e Luciano; Wanderley, Cléber, Maurício (Fábio Araújo) e Gil Baiano (Dudu); Delmer e Ciro (Claudio). Técnico: Joel Cornelli. 

CRB
Paulo Renato; Marquinhos, Anderson (Toninho), Bruno e Belkior (Fernando); Fernando César, Marcelo Caetano (Missinho), Leonardo e Marcelinho; Luis Gustavo e Wagner Wesley. Técnico: Roberval Davino.  

Leia Também
QUIZ: você conhece os estrangeiros que passaram pelo Caxias?

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros