Juventude decide conceder  férias coletivas ao grupo de jogadores - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Coronavírus24/03/2020 | 15h28Atualizada em 24/03/2020 | 15h28

Juventude decide conceder  férias coletivas ao grupo de jogadores

Decisão foi tomada pela direção devido a paralisação do futebol brasileiro

Juventude decide conceder  férias coletivas ao grupo de jogadores Porthus Junior/Agencia RBS
Presidente Walter Dal Zotto Jr. confirmou o recesso dos atletas Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude irá conceder férias coletivas de 20 dias, entre 1° e 20 de abril, para o elenco alviverde. A definição da direção aconteceu por conta da paralisação do futebol brasileiro em decorrência da pandemia de coronavírus. 

— Será uma antecipação de férias coletivas. Os jogadores serão orientados sobre essa decisão — disse o presidente Walter Dal Zotto Jr. 

 Leia Mais
Longe da família, jogador caxiense comenta paralisação no Chipre 

Nesta segunda-feira (23), a Comissão Nacional de Clubes (CNC), que representa as equipes das Séries A, B,C e D do Campeonato Brasileiro, realizou uma reunião por videoconferência. O assunto principal: o futuro dos contratos dos atletas durante o período de paralisação do futebol.

46 clubes participaram e a definição foi para antecipação das férias e uma redução de 25% nos salários dos atletas. Essa proposta será encaminhada, através de uma comissão comandanda pelo presidente do Fluminense, Mário Bittencourt, para a Federação Nacional dos Atletas Profissionais de Futebol (Fenapaf) e aos sindicatos estaduais.

 —  Isso atende parcialmente. Isso compõe clubes de Série A, talvez alguns da B. Talvez, clubes da C e da D não irão se enquadrar. São algumas reduções que os clubes, daqui a pouco, terão que discutir diretamente com os atletas. Essa é uma proposta geral, mas alguns clubes podem fazer negociações específicas com o grupo de jogadores – analisou Walter Dal Zotto Jr. 

Até quinta-feira (26) a Fenapaf e os sindicatos estaduais devem definir uma posição. O Sindicato dos Atletas do Rio Grande do Sul (SIAPERGS), por exemplo, já se manifestou que não concorda com a possibilidade de redução de salários de jogadores. O Juventude aguarda a oficialização dos orgãos para reunir as principais lideranças do elenco e conversar sobre o assunto. 

 —   Primeiro, vamos ver o retorno do sindicato. Vamos aguardar. Com certeza, vamos reunir essa comissão de atletas que já temos para conversar. Prejuízo, todos vamos ter. Então, temos que ver o que cada um pode ceder – analisou o presidente alviverde. 

Uma das propostas da reunião é dar férias coletivas de 20 dias aos atletas, entre 1° e 20 de abril. Essa medida inclui pagamento integral no quinto dia útil do mês subsequente ao gozo das férias e o um terço constitucional a ser pago no mês de dezembro de 2020.

Leia Também
Vamos treinar? Dica de exercícios para você realizar em casa durante a quarentena


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros