Intervalo: realidade nos principais centros do mundo, suspensão das competições chega ao Brasil - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião15/03/2020 | 22h00Atualizada em 16/03/2020 | 09h57

Intervalo: realidade nos principais centros do mundo, suspensão das competições chega ao Brasil

CBF já oficializou suspensão de suas competições. Gauchão deve ter o mesmo fim 

Intervalo: realidade nos principais centros do mundo, suspensão das competições chega ao Brasil André Ávila/Agencia RBS
CBF já oficializou suspensão de suas competições. Gauchão deve ter o mesmo fim Foto: André Ávila / Agencia RBS

No Brasil, a lógica costuma não acompanhar a ordem dos encaminhamentos dos governantes ou de quem toma decisões importantes. Em boa parte do mundo, especialmente quando falamos das principais ligas esportivas da Europa e dos Estados Unidos, as modalidades estão paradas. Afinal, é preciso ter atenção máxima e cautela para que o coronavírus não se propague por meio de grandes aglomerações.

Leia Mais
CBF suspende competições no país por tempo indeterminado a partir desta segunda-feira

Por aqui, a tendência é sempre deixar a solução para amanhã, ir acompanhando de longe e ver no que vai dar. Só que neste caso específico não dá para deixar a preocupação com o calendário ou perguntas de “como vai acabar o campeonato?” ficarem acima da saúde pública.

Apesar de se deixar claro que não há motivos para caos, para estocar comida em casa ou algo assim, até porque ainda não temos mortes pelo Coronavírus no Brasil, a medida de paralisar o futebol no país era fundamental. Demorou, mas chegou no início da tarde de domingo (15).

A partir de agora, especialmente pela visão dos especialistas da saúde, o momento é de avaliar o que está por vir. Sem correr grandes riscos. 

Protesto tricolor

Se um time do Interior fizesse esse protesto, de entrar em campo com máscaras, o efeito provavelmente seria praticamente nulo. Só que no momento em que Renato Portaluppi e o Grêmio deram o primeiro passo neste questionamento, o peso é outro. 

Após a suspensão das competições nacionais e do Campeonato Mineiro, não há outra saída. A Federação Gaúcha também vai paralisar o Estadual nesta segunda-feira. 

No momento, e isso é visível na maior parte do mundo, o futebol, os regulamentos ou os possíveis campeões não são o mais importante.

Leia Também
Esportivo vence mais uma na Montanha dos Vinhedos e segue na briga pelo título do Interior
Com portões fechados, Caxias vence o Novo Hamburgo por 2 a 1, no Estádio Centenário


 
 
 
 
Pioneiro
Busca