Após confirmação da covid-19 em presidente do Grêmio, dirigentes da dupla Ca-Ju se mostram tranquilos - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Covid-1923/03/2020 | 15h31Atualizada em 23/03/2020 | 15h31

Após confirmação da covid-19 em presidente do Grêmio, dirigentes da dupla Ca-Ju se mostram tranquilos

Mandatários de Caxias e Juventude estiveram com Romildo no dia 16 de março

Após confirmação da covid-19 em presidente do Grêmio, dirigentes da dupla Ca-Ju se mostram tranquilos Mateus Bruxel/Agencia RBS
Dirigentes da dupla Ca-Ju estavam em reunião com presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, que testou positivo para o coronavírus Foto: Mateus Bruxel / Agencia RBS

A confirmação de que o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, testou positivo para o coronavírus, colocou em alerta também os mandatários da dupla Ca-Ju. Paulo Cesar Santos, presidente do Caxias, e Walter Dal Zotto Jr., presidente do Juventude, estiveram reunidos na segunda-feira passada (16) com o dirigente gremista na sede da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), em Porto Alegre, quando foi definido que o Gauchão seria paralisado por conta da covid-19. Além dos dois presidentes, o diretor de futebol grená, Ademir Bertoglio, também esteve no encontro.

Leia mais
As determinações de preparação física da dupla Ca-Ju aos atletas durante o período em quarentena

O presidente grená disse não ter apresentado nenhum sintoma até agora. Paulo Cesar Santos diz que tem tomado todos os cuidados no período de quarentena.

— Estamos no resguardo, tranquilos até o momento. Tenho me mantido em casa, saído muito pouco. Até o momento, não apresentei nenhum sintoma — afirma o dirigente grená, admitindo que houve um aperto de mão com o presidente do Grêmio:

— Pior que sim, na chegada. Quando nos encontramos, eu o cumprimentei e acabamos apertando as mãos.

O presidente do Juventude, Walter Dal Zotto Jr., não lembra de ter feito nenhum cumprimento a Romildo. Porém, durante a reunião, permaneceu o tempo todo ao lado do presidente gremista e de Paulo Luz, vice-presidente de futebol do Tricolor.

— Estou em casa desde quinta-feira (19). Mas não sinto nada, sintoma zero. Estava sentado do lado deles, de repente até cumprimentei, mas não me lembro — disse Waltinho.

Como já está em quarentena, o dirigente alviverde admitiu que só irá realizar o teste para o coronavírus caso apresente algum dos sintomas da covid-19. 

— Falei com o médico do Juventude. Ele me disse que, se tiver algum sintoma, podemos fazer o teste. Senão, esquece.

Além dos três dirigentes das equipes caxienses e dos dois gremistas, mais nove representantes das outras equipes do Gauchão e os dirigentes da FGF também estiveram na reunião em Porto Alegre.

O diretor de futebol do Caxias, Ademir Bertoglio, disse que tem tomado todo o cuidado após as confirmações não só do dirigente tricolor, mas também dos colorados — o presidente do Inter, Marcelo Medeiros, foi o primeiro a ter oficializado com a covid-19:

— Quando eu vi a notícia, já disse que teria que aguardar. A princípio não sinto nada. Já tinha ficado meio assim quando tinha dado no Inter, porque também tinham dirigentes deles lá. Acabei nem falando muito com eles porque estava do outro lado.

Leia também
Postos de combustível de Caxias seguirão com restrição de horário

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros