Intervalo: A classificação na Copa do Brasil veio, mas o Juventude ainda precisa melhorar muito  - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião26/02/2020 | 22h00Atualizada em 26/02/2020 | 22h00

Intervalo: A classificação na Copa do Brasil veio, mas o Juventude ainda precisa melhorar muito 

Equipe alviverde produziu pouco diante do XV de Piracicaba

Intervalo: A classificação na Copa do Brasil veio, mas o Juventude ainda precisa melhorar muito  Michel Lambstein/XV De Piracicaba
Foto: Michel Lambstein / XV De Piracicaba

O resultado foi bem melhor que o desempenho, mas o Juventude conseguiu, por conta da qualidade individual, avançar na Copa do Brasil.  Eltinho marcou um belo gol após escorada do estreante Bruno Nunes. E Marcelo Carné, de novo, foi decisivo nos pênaltis diante do XV de Piracicaba.

Leia Mais
Nos pênaltis, Juventude vence XV de Piracicaba e avança à terceira fase da Copa do Brasil
"Vinha comendo pênaltis desde sexta-feira", disse goleiro do Juventude

Aos trancos e barrancos, o Ju avança e ainda terá outro duelo contra um time de nível inferior no cenário nacional pela frente. Dá para ir mais longe.

Porém, é preciso melhorar em muitos aspectos. A equipe de Marquinhos Santos mostrou pouco. Mesmo com as dificuldades impostas pelo gramado encharcado, na primeira etapa perdia muitas divididas, e pouco conseguia criar. Por vezes, parecia sem a mesma entrega ou organização que o adversário. 

Na segunda etapa, veio o gol do rival e a situação só mudou com a entrada de Iago Dias, que trouxe velocidade e profundidade ao time. 

Nos minutos finais, após o gol de Eltinho, o Juventude até poderia ter virado o marcador, mas o empate acabou sendo justo. 

O erro do mesmo Eltinho, capitão e líder da equipe, poderia significar um revés emocional nos pênaltis, mas Carné fez questão de minimizar a perda. Na sequência, o Ju esteve em vantagem e os dois times foram precisos em suas cobranças. 

Restaram os dois goleiros e a diferença foi brutal. Carné foi tranquilo e deslocou Mota. O goleiro do XV isolou e a vaga ficou para o Juventude.

Leia Também
2000 e 2020, as coincidências na história de conquistas do Caxias 


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros