Esportivo divulga nota de pesar pela morte do ex-treinador Valdir Espinosa - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Luto no Futebol27/02/2020 | 11h57Atualizada em 27/02/2020 | 12h05

Esportivo divulga nota de pesar pela morte do ex-treinador Valdir Espinosa

Ele foi vice-campeão gaúcho com alviazul em 1979, além de ter sido jogador do clube

Esportivo divulga nota de pesar pela morte do ex-treinador Valdir Espinosa Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

O Esportivo divulgou uma nota de pesar, no final da manhã desta quinta-feira (27), pela morte de Valdir Espinosa. Ele foi jogador do clube de Bento Gonçalves nos anos de 1970 e também treinador, logo após encerrar a carreira de atleta. Entre os feitos no alviazul está o vice-campeonato no Gauchão de 1979.

— Espinosa comandou a equipe que conquistou o vice-campeonato gaúcho e o consequente titulo de campeão do interior em 1979. Ao todo, foram 66 jogos a frente do alviazul durante aquela temporada – uma das mais vitoriosas até então — diz a nota.

Leia mais
Aos 72 anos, morre Valdir Espinosa, ex-técnico, jogador e dirigente do Esportivo

Espinosa é o responsável por lançar ao time profissional o atacante Renato Portaluppi, ainda no Tivo, e que mais tarde o levaria para o Grêmio. Juntos, eles conquistaram a Libertadores da América e o Mundial de 1983, além da Copa do Brasil de 2016. Ambos são ídolos no clube de Porto Alegre.

Em 2014, Espinosa retornou a Bento Gonçalves para ser coordenador técnico do Esportivo. Acabou ficando por pouco tempo, mas o suficiente para se aproximar dos torcedores e receber homenagens pelos feitos do passado.

O ex-treinador faleceu na manhã desta quinta-feira em decorrência de complicações de uma cirurgia no intestino. Atualmente, Espinosa ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo.

Confira a nota do Esportivo na íntegra:

"O Clube Esportivo Bento Gonçalves expressa seu pesar pelo falecimento de Valdir Espinosa, um dos principais técnicos da história centenária do clube. Espinosa comandou a equipe que conquistou o vice-campeonato gaúcho e o consequente titulo de campeão do interior em 1979. Ao todo, foram 66 jogos a frente do alviazul durante aquela temporada – uma das mais vitoriosas até então. O profissional também atuou como jogador do Esportivo na década de 1970. Como treinador, ainda sagrou-se campeão da Copa Libertadores e do Mundial de Clubes pelo Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense.

Valdir Espinosa era natural de Porto Alegre e faleceu nesta quinta-feira (27), no Rio de Janeiro, aos 72 anos de idade, após complicações de uma cirurgia realizada no abdômen. Atualmente, ele ocupava o cargo de gerente de futebol do Botafogo.

O Clube Esportivo Bento Gonçalves se solidariza com toda a família Espinosa, amigos e torcida nesse momento de dor e perda."

Leia também
Marcopolo registra receita recorde de R$ 4,314 bilhões em 2019

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros