Com déficit de R$ 2,5 milhões, Caxias vai utilizar renda contra o Grêmio para aliviar o caixa - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão20/02/2020 | 18h18Atualizada em 20/02/2020 | 18h19

Com déficit de R$ 2,5 milhões, Caxias vai utilizar renda contra o Grêmio para aliviar o caixa

Presidente Paulo Cesar Santos pede compreensão ao torcedor grená 

Com déficit de R$ 2,5 milhões, Caxias vai utilizar renda contra o Grêmio para aliviar o caixa Lucas Amorelli/Agencia RBS
Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

Caxias e Grêmio decidem no próximo sábado (22), às 16h30min, o campeão do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. O jogo único, que vale a Taça Coronel Ewaldo Poeta será no Estádio Centenário, a casa grená. Porém, o aumento de espaço para os visitantes tem gerado polêmica entre os torcedores.

Leia mais
Meia do Caxias projeta um jogo estratégico e de muita eficiência na defesa contra o Grêmio

A baixa procura dos torcedores grenás — o primeiro lote de 500 ingressos solidários ainda não foi vendido totalmente —, e o alto interesse dos gremistas, fizeram a direção do Caxias aumentar o espaço destinado aos visitantes. Agora, além da ferradura leste, toda a reta da geral no setor oposto às sociais, será ocupada. A expectativa é de 5 mil tricolores. Por regulamento, a renda neste jogo único de final será 70% para o Caxias e 30% para o Grêmio.

— A receita desse jogo é muito importante. Pedimos a compreensão do torcedor na venda de ingressos para o Grêmio. Isso é fundamental para podermos projetar a manutenção das condições financeiras do clube em dia. Toda e qualquer receita ela é importante neste momento — disse Paulo César Santos, presidente do Caxias, que também destacou que essa decisão partiu da direção do clube:

— Consenso da direção. Estamos avaliando diariamente a procura dos ingressos das duas torcidas. Com a demonstração da alta procura da torcida do Grêmio e nós ainda temos o primeiro lote promocional não finalizado, então entendemos a necessidade financeira do clube. Não tivemos ainda uma grande procura do torcedor do Caxias. Como temos um grande espaço no Centenário, temos que usar neste momento para buscar condições financeiras melhores para o clube. 

Atualmente, o Caxias tem um déficit projetado para 2020 de R$ 2,5 milhões. Por isso, qualquer renda que entrar agora será bem-vinda aos cofres do clube. Além disso, mensalmente, o Grená paga R$ 100 mil de Profut (Programa de Modernização da Gestão de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro).

— O torcedor tem que entender. Estamos fazendo isso para manter a condição financeira do clube em dia. Vários conselheiros e dirigentes estão cansados de toda hora de bater na porta pra pedir ajuda com rifas e outras situações. Quando pode entrar uma renda, temos que aproveitar e fazer esse esforço. O torcedor tem que compreender que estamos fazendo o melhor para o clube — finalizou o presidente grená.

Orientação

A direção do Caxias salienta que será destinado um espaço de segurança para as duas torcidas. Toda a reta da geral será ocupa por gremistas. Já parte do espaço atrás do gol na curva será reservado como divisória e para evitar confusão entre os torcedores. 

O acesso para a torcida do Grêmio será exclusivamente pelo portão 10, localizado na rua Thomaz Beltrão de Queiróz. A orientação é chegar com bastante antecedência. Os portões serão abertos às 14h30min.

A venda de ingressos para a partida entre Caxias e Grêmio ocorrerá apenas na bilheteria do estacionamento do Estádio Centenário e não mais na Sala de Sócios. O torcedor grená ainda tem à disposição ingressos no primeiro lote a R$ 50,00 + 1kg de alimento não-perecível. Este lote é válido até esta sexta-feira (21) ou até esgotar.

Leia Também
A polêmica remuneração para cargo voluntário da ex-rainha da Festa da Uva de Caxias do Sul


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros