Após título, atacante do Caxias admite sondagens, mas garante foco no segundo turno - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Gauchão27/02/2020 | 16h53Atualizada em 27/02/2020 | 16h53

Após título, atacante do Caxias admite sondagens, mas garante foco no segundo turno

Centroavante Gilmar falou sobre valorização do elenco com a conquista da Taça Ewaldo Poeta

Após título, atacante do Caxias admite sondagens, mas garante foco no segundo turno Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias estreia no segundo turno do Campeonato Gaúcho, a Taça Francisco Novelletto Netto, no sábado (29), às 19h, contra o Inter no Estádio Centenário. Mesmo com o título do primeiro turno, o discurso é de foco para conquistar a segunda parte da competição e evitar uma final.  

Leia Mais
Esportivo divulga nota de pesar pela morte do ex-treinador Valdir Espinosa
Nova Petrópolis sedia Pedal de Verão neste domingo, com série de atrativos turísticos

— Não muda nada. Pelo contrário. Precisamos ter mais atenção e comprometimento, porque sabemos da dificuldade que será o segundo turno. As equipes virão com mais vontade de ganhar de nós. Então, precisamos manter o que viemos fazendo para ganhar o segundo turno também — analisou o centroavante Gilmar, que desde o retorno ao Estádio Centenário, neste ano, ainda não marcou gol com a camisa grená:

— Encaro da maneira que o Lacerda pede desde o início. Por vezes, o atacante não vive só de gols, tem que cumprir o papel tático para a equipe. É o que eu sempre procuro fazer. Lógico, que procuro marcar, mas o principal é fazer o que é pedido. Enquanto, a equipe estiver vencendo, independente quem faz o gol.

Com o título do Caxias no primeiro turno do Gauchão, Inter e Grêmio não farão mais a final da competição. Além disso, teoricamente, entram pressionados para ganhar o segundo turno e decidir com o time grená. No entanto, ambos estarão envolvidos com a Libertadores, inclusive com a disputa de dois clássicos Gre-Nal.

— Acredito que para a gente não muda nada. Sabemos da nossa realidade que é o Campeonato Gaúcho. Acompanha, claro, a dupla Gre-Nal na Libertadores. Nossa responsabilidade e foco é o Gauchão. Independente da equipe que vier, alternativa ou titular, não vai influenciar em nada, porque a camisa de Inter e Grêmio é sempre muito pesada — disse Gilmar. 

Com o ótimo primeiro turno, finalizado com o título, é inevitável que os jogadores fiquem em evidência. Se destacam e recebem possibilidade de propostas ou sondagens. O atacante Gilmar, que tem contrato até o fim do Gauchão, encara com naturalidade a valorização, mas garante foco no Caxias. 

— É impossível um time se destacar, ainda mais contra um grande time como o Grêmio, e não aparecerem sondagens ou propostas. É natural. Não posso ser hipócrita em dizer que não, acontece sim. Mas é isso é resultado do trabalho e o foco está todo no Caxias. Estamos focados para fazer um bom segundo turno e ganhar o Gauchão —finalizou. 

Leia Também
2000 e 2020, as coincidências na história de conquistas do Caxias 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros