A um mês da estreia, Brasil-Fa aposta no DNA vencedor para o sucesso no Brasileirão - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

102.7 FM13/02/2020 | 22h11Atualizada em 14/02/2020 | 16h24

A um mês da estreia, Brasil-Fa aposta no DNA vencedor para o sucesso no Brasileirão

Representantes do clube participaram do Show dos Esportes desta quinta-feira (13)

A um mês da estreia, Brasil-Fa aposta no DNA vencedor para o sucesso no Brasileirão Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O futebol feminino foi destaque no Show dos Esportes desta quinta-feira (13). A goleira Gil e o diretor de administração, Gabriel Marchet, projetaram o ano do Brasil de Farroupilha, único representante do Rio Grande do Sul no Campeonato Brasileiro A-2.

A competição tem previsão de início para o dia 15 de março. As gurias do Brasil-Fa estão no Grupo F, junto com Fluminense (RJ), Athletico Paranaense, Chapecoense (SC), Napoli (SC) e Toledo (PR).  A tabela detalhada ainda não foi divulgada pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF)

Leia mais:
Definidos os adversários do Brasil-Fa no Brasileirão Feminino A-2  

Experiente, a goleira Gil ressaltou a dificuldade do Brasileirão A-2, especialmente pelos adversários que o Brasil-Fa enfrentará na primeira fase da competição:

— Acreditamos que a nossa chave seja uma das mais fortes. Especialmente por ter times de camisa pesada. Então, sabemos que o grau de dificuldade é grande.  

O diretor de administração, um dos primeiros a acreditar no futebol feminino, acrescenta que a equipe farroupilhense é aguerrida e usará isso a seu favor para orgulhar o Estado.

— Sempre fomos taxados no interior do Rio Grande do Sul como o time mais chato de se enfrentar. Se a dupla Gre-Nal pudesse escolher um time para não enfrentar, seria a gente. Então, conhecemos nossas virtudes e estamos aprimorando o que temos para que, com nosso DNA vencedor, aliado aos nossos reforços, possamos representar bem o Estado — concluiu.

Acompanhe a íntegra do programa

Recentemente, o Brasil de Farroupilha anunciou dois novos reforços: a goleira Sabrina e a meia Greyce, ambas vindas do Oriente, de Canoas. Atualmente, o elenco conta com 36 atletas, de nove cidades diferentes. 

O time de Farroupilha ainda não tem data para estrear. No entanto, o Brasileirão A-2 tem previsão de início para o dia 15 de março. Em busca de mais apoio, a goleira Gil expôs a importância de suporte.

— Às vezes, as portas se fecham por sermos futebol feminino. Cara, estamos no campeonato brasileiro. É um time do interior participando pela primeira vez e nós precisamos bastante de mais apoio. Então, qualquer ajuda que vier vai agregar bastante — defendeu. 

Gabriel Marchet completou relatando situações que envolvem patrocínio:

— Todas as equipes gaúchas de futebol, sejam masculinas ou femininas, envolvidas em campeonato nacional, têm apoio do banco estatal, exceto o Brasil-Fa. Tentamos contato, mas só recebemos negativas até o momento. Não quero acusar de preconceito, mas é o que nos faz enxergar, pois todos os outros têm.

O Show dos Esportes retorna nesta sexta-feira (14), na Rádio Gaúcha Serra, às 20h10min. O convidado será Carlos Alberto, meia do Caxias. Você acompanha nos 102,7 FM ou pela live do Facebook.

Leia também:
Marcelo Demoliner tem outra boa campanha na Argentina e está na semifinal do ATP de Buenos Aires
Lembra de mim? A trajetória de Delmer como atacante do Caxias

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros