Mesmas peças e novo posicionamento: o Caxias para o último amistoso pré-Gauchão - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Buscando evolução12/01/2020 | 20h30Atualizada em 13/01/2020 | 11h14

Mesmas peças e novo posicionamento: o Caxias para o último amistoso pré-Gauchão

Equipe grená entra em campo nesta segunda-feira contra o São Luiz

Mesmas peças e novo posicionamento: o Caxias para o último amistoso pré-Gauchão Antonio Valiente/Agencia RBS
Lacerda (C) muda forma da equipe grená atuar Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

O terceiro e último amistoso da pré-temporada do Caxias acontece nesta segunda-feira (13), às 18h, no Estádio Centenário, contra a equipe do São Luiz. No reencontro com a torcida após o empate com o Ypiranga, há duas semanas, a expectativa é de que a equipe apresente uma melhora de desempenho em relação ao amistoso contra o Novo Hamburgo, quando foi derrotada por 1 a 0, na última quarta-feira.

Leia mais
Caxias vive dias de cobrança para não iniciar Gauchão pressionado

O mesmo espera o técnico Rafael Lacerda, que confirmou a repetição da formação que iniciou a partida no Vale, porém com alguns ajustes táticos. 

— Importante estar sempre entrosando a equipe. No último, não fizemos um bom jogo e ele nos mostrou que é o momento de realizar ajustes. Todo teste é importante para tirar aprendizados. O São Luiz é uma equipe de qualidade, experiente e que vem de bons resultados na preparação — disse Lacerda. 

Apesar da escalação com Marcelo Pitol, Ivan, Laércio, Thiago Sales e Eduardo Diniz; Juliano, Yuri e Diogo Oliveira; Tilica, Juninho Potiguar e Gilmar, ser reprisada, o meio-campo e o ataque terão um desenho diferente. Na frente, Tilica volta a atuar na ponta direita, enquanto Potiguar cairá para o lado esquerdo. No centro, visando uma melhor organização das jogadas ofensivas, um dos volantes vai atuar mais avançado, ao lado do articulador Diogo Oliveira. 

— Tivemos algumas dificuldades na saída de bola, deixando o Diogo Oliveira isolado. Assim treinamos com um dos volantes mais avançados, formando um tripé no meio, para ter uma consistência melhor. O movimento dos nossos extremas não estava legal, principalmente na pressão alta. Contra o São Luiz, espero um posicionamento legal, tanto para atacar quanto para marcar — explicou o técnico do Grená. 

O amistoso vai servir também para observação dos demais atletas do elenco, principalmente aqueles que têm entrado bem durante os amistosos, como o meia Carlos Alberto e o atacante Bruninho. 

— Todos estão treinando bem e é importante os jogadores terem sombra. O Carlos Alberto, por exemplo, se movimenta de forma diferente e pode mudar a característica do ataque — explicou Lacerda. 

Para o duelo contra o São Luiz, os ingresso será 1kg de alimento não perecível. A estreia do Caxias no Campeonato Gaúcho 2020 está marcada para 22 de janeiro, às 20h, na Arena, contra o Grêmio.

Leia também
"Hoje, a maior busca é por mão de obra especializada", diz presidente do Simecs

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros