Com expulsão de zagueiro logo no início do jogo, Juventude perde para o Inter por 1 a 0 - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão 202023/01/2020 | 23h39Atualizada em 24/01/2020 | 01h49

Com expulsão de zagueiro logo no início do jogo, Juventude perde para o Inter por 1 a 0

Genilson recebeu o vermelho em lance que originou o gol de pênalti

Com expulsão de zagueiro logo no início do jogo, Juventude perde para o Inter por 1 a 0 Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude não começou bem o Campeonato Gaúcho. Em jogo marcado por lances polêmicos, o time alviverde foi derrotado, no Estádio Alfredo Jaconi, por 1 a 0, para o Inter nesta quinta-feira (23). O gol colorado foi marcado por Thiago Galhardo, ainda no primeiro tempo em cobrança de pênalti.

A equipe de Marquinhos Santos jogou boa parte da partida com um jogador a menos, após expulsão do zagueiro Genilson, no lance que originou o gol, e não conseguiu superar o adversário. Na próxima rodada, o Ju visita o São Luiz, no Estádio 19 de Outubro, em Ijuí. Será domingo (26), às 19h,

Leia Mais
Juventude avança nos pênaltis e está nas semifinais da Copa Santiago
Juventude confirma contato com Barcos e empresário vê negócio ainda distante

Antes mesmo de a bola rolar, o Juventude teve um desfalque importante de última hora. O meia Renato Cajá sentiu o adutor da coxa no último treino antes da partida e, por isso, o técnico Marquinhos Santos teve que mudar o time inicial. Pedro Ken iniciou a partida e fez sua estreia com a camisa alviverde.

 Com essa alteração e contra um Inter modificado, sem os titulares, o jogo começou acelerado e intenso. As duas equipes buscaram o ataque em jogadas rápidas. A primeira tentativa foi do Inter. Logo aos quatro minutos, uma cobrança de falta em frente à área. O lateral-direito Heitor cobrou, mas por cima da meta defendida pelo goleiro Marcelo Carné.

A resposta alviverde aconteceu dois minutos depois, em falta lateral. O volante João Paulo cruzou na área e o volante Marciel cabeceou no centro do gol. Lomba agarrou firme. 

Aos 15 minutos, o Inter teve um contra-ataque rápido. Sarrafiore serviu Galhardo dentro da área. O jogador colorado finalizou e Carné defendeu milagrosamente, quase em cima da linha. No rebote,  Genilson salvou a cabeçada de Sarrafiore, mas com um toque no braço. Pênalti marcado por Anderson Daronco e expulsão do zagueiro alvivede. Na cobrança, aos 17, Thiago Galhardo bateu e converteu: Inter 1 a 0.

Com um jogador a menos, o técnico Marquinhos Santos foi obrigado a tirar o centroavante Wallace para colocar o zagueiro Odivan. Assim, conseguiu recompor o sistema defensivo e segurou o Inter. Com dificuldades de criar oportunidades, principalmente pela inferioridade numérica em campo, o Ju conseguiu uma grande chance.

Aos 36, João Paulo lançou Bruno Alves. O atacante invadiu a área em velocidade e perdeu o gol, cara a cara com o goleiro Marcelo Lomba. O desvio saiu fraco e ao lado da meta colorada. 

A busca pelo empate

Na segunda etapa,  reclamação colorada aos 11 minutos. Sarrafiore recebeu e caiu na área após jogo de corpo do  lateral-esquerdo Eltinho. Nada marcado por Anderson Daronco. O Inter conseguiu controlar as ações. Com isso, esteve mais presente no campo ofensivo. 

Porém, a primeira tentativa de gol do Inter aconteceu somente aos 15 minutos. Sarrafiore entrou na área a dribles e tocou na meia-lua. Marcos Guilherme chegou finalizando, mas por cima do gol.

No minuto seguinte, nova reclamação de penalidade. Roberto, zagueiro do Inter, usou o corpo para evitar a passagem de Bruno Alves dentro da área. Nada marcado pelo árbitro novamente.

Aos 25, nova tentativa colorada. A bola sobrou para Lindoso na entrada da área. O atleta do Inter arriscou por cima do gol de Marcelo Carné. Um minuto depois, escanteio cobrado por Marcos Guilherme e Custa cabeceou à direita do gol.

A partir dos 33 minutos, o Juventude ameaçou uma pressão e rondou mais a área colorada, porém não conseguiu arrematar no gol adversário. Aos 40,  João Paulo finalizou de fora da área, e, na sobra, Bruno Alves caído, chutou. Ele estava impedido e o jogo parou.

No final da partida, o Inter quase ampliou em duas oportunidades. Aos 45, Marcos Guilherme entrou sozinho na cara de Marcelo Carné que fez grande defesa. No minuto seguinte, o goleiro jaconero salvou milagrosamente no arremate de Thiago Galhardo.

Nos últimos instantes, o Juventude buscava um contra-ataque, em velocidade, porém Anderson Daronco parou o jogo, pois Sarrafiore estava caído no gramado após choque com o árbitro. Nova reclamação alviverde. Em jogo de polêmicas: Juventude 0x1 Inter.

Ficha técnica

Juventude 0x1 Inter - Gauchão

Local: Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul
Data: 23/01/2020
Público total: 6.136
Público pagante: 2042
Renda: R$ 133.788

JUVENTUDE
Marcelo Carné; Samuel Santos, Genilson, Reynaldo e Eltinho (Felippe, 21/2ºT); João Paulo; John Lennon, Marciel, Pedro Ken (Clayton, 25/2ºT) e Bruno Alves; Wallace (Odivan, 19/1ºT). Técnico: Marquinhos Santos

INTER
Marcelo Lomba; Heitor, Roberto (Cuesta, 22/2º), Pedro Henrique e Uendel; Musto, Marcos Guilherme, Nonato (Edenílson, 37/2ºT), Wellington Silva (Lindoso, 22/2ºT), Sarrafiore e Thiago Galhardo. Técnico: Eduardo Coudet

Gol: Thiago Galhardo, aos 17min, do primeiro tempo.

Árbitro: Anderson Daronco, auxiliado por Rafael da Silva Alves e Gustavo Marin Schier.

Cartões amarelos: John Lennon, Samuel Santos (J), Roberto, Cuesta, Musto, Sarrafiore (I).

Cartão vermelho: Genilson (J).

Leia Também
Fora de casa, Esportivo empata com o São José na estreia do Estadual

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros