Lateral do Caxias acredita que grupo grená foi montado pensando grande - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Gauchão04/12/2019 | 20h29Atualizada em 04/12/2019 | 20h29

Lateral do Caxias acredita que grupo grená foi montado pensando grande

Jogador foi apresentado na tarde desta quarta-feira (4)

Lateral do Caxias acredita que grupo grená foi montado pensando grande Porthus Junior/Agencia RBS
Bruno Ré foi apresentado nesta quarta-feira (6) Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Caxias segue mostrando as caras novas para a temporada 2020 pouco a pouco. Nesta quarta-feira (4), foi a vez do lateral-esquerdo Bruno Ré, 29 anos, ser apresentado oficialmente e dar sua primeira entrevista com a camisa grená.

Leia mais
Lateral é apresentado no Caxias e diz que Série D não condiz com o clube

Logo nas primeiras falas com o novo uniforme, o lateral se mostrou empolgado com o que encontrou no Centenário e o que lhe atraiu no clube.

– O projeto que a comissão e a direção vêm fazendo. Isso me animou bastante. Conhecendo o futebol brasileiro, você percebe a dificuldade que alguns times têm. E aqui vi um clube diferente, com uma mentalidade boa e que tem tudo para crescer – afirmou o jogador, que em 2019 defendeu o Santa Cruz-PE.

Com um calendário cheio, o Caxias terá partidas durante todo o ano. Mesmo sabendo da importância do Estadual, Ré não escondeu o que considera o principal foco para 2020:

– É passo a passo. Temos que manter as campanhas que o Caxias tem feito. Buscar melhorar. Copa do Brasil é uma visibilidade muito grande. A principal  competição do ano é a Série D. Já estamos trabalhando desde agora para conquistar esses objetivos.

Para alcançar esta meta, o Caxias está buscando atletas com rodagem no futebol nacional. Segundo o lateral, esse fator pode ser diferencial para que ocorra o acesso para a Série C:

– A montagem é boa. Escolheram a dedo os jogadores. Creio que está se formando um grupo muito bom, muito forte. A competitividade interna também vai ser boa. Temos coisas boas para 2020.

A Quarta Divisão é a realidade grená. E, depois de bater na porta duas vezes, o clube está mais preparado, segundo Ré:

– Para esse ano, a Série D teve uma alteração no formato. É uma competição mais equilibrada e que tem mais regularidade na primeira fase. Depois vem o mata-mata e o Caxias já está experiente nisso. Agora, só falta concretizar essa equipe para ir em busca do acesso.

Leia também
Saiba tudo sobre o show da Turma do Pagode em Caxias e a curiosa ligação da banda com o RS

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros