Ex-goleiro do Juventude é suspenso preventivamente por suposto doping - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Esperando julgamento06/12/2019 | 18h03Atualizada em 06/12/2019 | 18h03

Ex-goleiro do Juventude é suspenso preventivamente por suposto doping

Uma substância proibida pela WADA foi encontrada em sua urina e ele será julgado pelo tribunal de controle de dopagem

Ex-goleiro do Juventude é suspenso preventivamente por suposto doping Antonio Valiente/Agencia RBS
Foto: Antonio Valiente / Agencia RBS

O goleiro Omar, atleta do Juventude durante a temporada 2019, foi suspenso de forma preventiva por suposto doping. Após a partida do alviverde contra o Tombense, pelo 2º turno da Série C, uma substância proibida pela Agência Mundial Antidoping (WADA, na sigla em inglês) foi encontrada em sua urina. Ele será julgado pelo tribunal da Autoridade Brasileira Controle de Dopagem (ABCD).

Omar ficou no banco reservas durante a vitória do Ju por 2 a 0 sobre os mineiros, realizada no dia 8 de agosto de 2019. A substância proibida encontrada, cujo o nome é ostarine, é um modulador metabólico que previne o desgaste muscular de atletas. 

Leia mais
Juventude apresenta novos uniformes para a temporada 2020

Como doping se refere a pessoa física e não jurídica, o alviverde entende que está isento de responsabilidade. Conforme Osvaldo Pioner, diretor-geral de futebol, o clube foi notificado após a rescisão de contrato com o goleiro.

— Recebemos a notícia depois que ele saiu do clube. Ninguém imaginava a possibilidade. Estamos dando suporte de advogado e médicos, mas por conta dele  — disse Pioner.

O contrato do goleiro com o Juventude previa renovação automática na hipótese de acesso à Série B, porém, mesmo com o objetivo alcançado, as partes optaram pela rescisão após a participação alviverde na Série C.

Consultado pelo Pioneiro, Omar preferiu não se manifestar.

Leia também
Volante Lucas, do Juventude, é punido com um ano de suspensão por doping

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros