Técnico Lacerda exalta desempenho consistente do Caxias contra o São José-PoA - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Copa Seu Verardi06/10/2019 | 18h28Atualizada em 06/10/2019 | 19h02

Técnico Lacerda exalta desempenho consistente do Caxias contra o São José-PoA

Equipe grená venceu a quarta partida no Estádio Centenário

Técnico Lacerda exalta desempenho consistente do Caxias contra o São José-PoA Lucas Amorelli/Agencia RBS
Treinador gostou a atuação do time grená contra o São José-PoA Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

O Caxias encerrou a primeira fase da Copa Seu Verardi com vitória. O time grená derrotou o São José-PoA, neste domingo (6), pela nona rodada da primeira fase. Mais do que os três pontos e a retomada da liderança no Grupo B, o triunfo veio com boa atuação. O desempenho dentro de casa novamente agradou ao seu comandante.

Leia Mais
Caxias vence o São José-PoA e reassume a liderança no grupo

A equipe do técnico Rafael Lacerda venceu os quatro confrontos como mandante nesta primeira parte da competição. Foram vitórias contra Lajeadense, Grêmio, Avenida e São José-PoA.  Assim, o Caxias encerra a fase inicial com 100% de aproveitamento em casa.

— Fizemos um bom jogo para confirmar a boa fase em casa. Hoje (domingo), uma vitória consistente contra uma equipe forte. Eles tinham oito jogadores que participaram das partidas decisivas da Série C e, na minha opinião, tivemos uma das nossas melhores atuações. Principalmente, no primeiro tempo. No segundo, eles conseguiram propor mais, mas suportamos bem — avaliou o técnico Rafael Lacerda. 

Outro fato que chamou atenção na partida, além da vitória e do bom desempenho, foi o centroavante Michel. O jogador marcou um belo gol, o segundo da vitória por 2 a 0, e o oitavo na temporada. No entanto, na comemoração o camisa 9 fez um gesto — levando as duas mãos às orelhas —, o que não agradou os torcedores presentes na arquibancada que acabaram vaiando o atleta.

— É difícil comentar. Eu vou falar os dois lados. O lado do torcedor, a gente entende. Tem o lado do jogador, que faz um belo gol e está de cabeça quente. Não vi o que o Michel fez, mas deve ter feito, que não vem ao caso agora. É difícil comentar. O que eu tenho a fazer é tentar conduzir da melhor maneira possível. Quero o torcedor feliz, mas é um processo lento. Eu sei, se eu ganhar a Copinha, não vai ser suficiente para resgatar esse entusiasmo. Não vai ser com um grande Gauchão também. Vai ser só quando retomar no Brasileiro. Até lá, temos que baixar a cabeça e trabalhar —finalizou Lacerda.

Leia Também
Massa de ar seco ganha força e sol retorna ao Rio Grande do Sul
BM prende traficantes de maconha na Serra

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros