Saiba como o Juventude descobriu o zagueiro Dante - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Categorias de Base16/10/2019 | 20h00Atualizada em 17/10/2019 | 15h03

Saiba como o Juventude descobriu o zagueiro Dante

Natural de Salvador-BA, ex-jogador da Seleção Brasileira foi visto pelo Verdão atuando no interior de São Paulo, em 2001

Saiba como o Juventude descobriu o zagueiro Dante VANDERLEI ALMEIDA/AFP
Foto: VANDERLEI ALMEIDA / AFP

Um dos principais atletas formados pelo Juventude foi o zagueiro Dante, campeão da Copa das Confederações de 2013 pela Seleção Brasileira e atualmente no Nice, da França. O atleta chegou ao Estádio Alfredo Jaconi com 18 anos, em 2001, e deixou o clube ao final de 2003, após disputar o Campeonato Brasileiro Série A por duas temporadas.

Baiano de Salvador, Dante chamou a atenção de Péricles da Costa, então treinador das categorias de base do Verdão, em uma partida no interior de São Paulo, após a equipe alviverde realizar um treinamento preparatório para a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Leia também
Conheça o responsável pela captação de atletas do Juventude

Péricles fala com orgulho de atletas revelados por ele ao longo da carreira, seja como técnico, coordenador ou observador. Entre eles, o ex-volante Camazzola (aposentou-se em 2016), o lateral Rômulo Caldeira (Brescia-ITA) e o volante Adílson (se aposentou recentemente no Atlético Mineiro). Contudo, o atleta que lhe deu maior satisfação foi o zagueiro Dante.

— Ele é minha maior estrela. Naquela época, acumulava a função de treinador com a captação. Estava no sub-17 e fui como auxiliar do Plein (José Luiz) para a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Fizemos um treino em Indaiatuba-SP, no campo do Primavera, e depois começou uma pelada com jogadores da região e fiquei olhando. O Dante jogando de meia, camisa 10 e grandão, me chamou a atenção. Depois do treino, convidei ele para ser jogador do Juventude, mas como volante. Horas depois, dois empresários deles me ligaram, um de São Paulo e outro da Bahia, e acertamos a contratação — conta. 

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 22/01/2013 - FOTO DE ARQUIVO. Pasta n° 66163 - data: 26/03/03. Ex-zagueiro do Juventude, Dante foi convocado para a Seleção Brasileira. Na foto, jogador em treino pelo clube alviverde, em 2003.
Dante em treinamento do Juventude, em 2003Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

Difícil missão de revelar caxienses

Recentemente o Juventude revelou jogadores como os caxienses Alex Telles, Bressan, Gustavo Campanharo e Gabriel Valentini, além do gramadense Ramiro e do bento-gonçalvense Felippe. Entretanto, a maior parte dos atletas que compõem as categorias de base do clube e chegam ao profissional não é da Serra Gaúcha. Essa é uma equação que Péricles procura resolver, mas ainda não conseguiu: 

— Estou no Juventude desde 1996 e vejo que nós temos dificuldades de revelar jogadores daqui. É uma tese para doutorado. Não tenho a resposta. Imagino que seja pela condição da cidade, que tem muitas oportunidades de trabalho em outros setores. Para nós seria muito mais interessante ter atletas locais, pois o custo com alimentação e moradia seria muito menor. É muito mais caro trazer jogador do Maranhão ou da Bahia. Aqui em Caxias, ainda que tenhamos o Alex Telles, tem sido difícil.

Leia também
Equipe do CFEB Murialdo/Juvenil embarca para etapa do circuito nacional

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros