Caxiense Fernando Cachopa projeta segunda etapa da Copa do Mundo mais difícil para o Brasil - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Vôlei08/10/2019 | 17h57Atualizada em 08/10/2019 | 17h57

Caxiense Fernando Cachopa projeta segunda etapa da Copa do Mundo mais difícil para o Brasil

Invicta, seleção brasileira encara a Argentina na madrugada desta quarta-feira

Caxiense Fernando Cachopa projeta segunda etapa da Copa do Mundo mais difícil para o Brasil FIVB / Divulgação/Divulgação
Foto: FIVB / Divulgação / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Única invicta e líder na Copa do Mundo do Japão, a seleção brasileira masculina de vôlei entrará em quadra na madrugada desta quarta-feira (9), às 2h, para o início da segunda semana da competição, que terminará no domingo (13). O Brasil enfrentará a Argentina, atual sétima colocada. O levantador caxiense Fernando Cachopa acredita que os próximos adversários darão mais trabalho.

Leia Mais
Fernando Cachopa estreia nesta terça com a seleção brasileira na Copa do Mundo do Japão

— Estamos cada vez mais atentos e focados. Sabemos que essa segunda parte do campeonato vai ser muito difícil. Provavelmente mais complicada do que a primeira semana. Acho que, pelo desgaste, é um campeonato que exige demais de todas as seleções que estão participando. São muitas partidas em um curto período de tempo — explica Cachopa.

Na primeira semana da Copa do Mundo, o Brasil superou as seleções do Canadá, Austrália, Egito, Rússia e Irã. Agora será a vez de enfrentar, além da Argentina, as equipes dos Estados Unidos, Tunísia, Polônia, Japão e Itália. Até o momento, Cachopa atuou em nove sets da competição, e destacou a importância de, mais uma vez, ter a oportunidade de estrear neste campeonato.

— Fazer parte desse grupo e vivenciar um campeonato desse nível agrega muito. Acredito que tive uma evolução durante todas as competições com a seleção brasileira. Com certeza cresci em aspectos técnicos e táticos. Preciso vivenciar coisas novas e jogar em níveis cada vez mais altos — conclui Cachopa.

Leia Também
O ano de 2019 foi a grande afirmação do lateral-direito do Juventude

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros