Juventude só libera treinador para Chape se for por "empréstimo" - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

De saída15/09/2019 | 21h17Atualizada em 15/09/2019 | 21h18

Juventude só libera treinador para Chape se for por "empréstimo"

Diretor alviverde ressaltou que espera um contato do clube catarinense para negociar alguns pontos

Juventude só libera treinador para Chape se for por "empréstimo" Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude pode perder seu treinador para a sequência da Série C e seria de uma forma inusitada, por "empréstimo". Após a vitória sobre o Náutico, na noite deste domingo (15), Marquinhos Santos deve se transferir para a Chapecoense, clube da Série A. Só que para concretizar essa negociação, que ocorrerá até o final de segunda-feira (16), a direção alviverde espera um contato dos catarinenses para acertar alguns detalhes. O principal é o retorno do treinador ao Alfredo Jaconi para a temporada 2020.

Leia mais
Juventude vence o Náutico no último lance e está a um empate da final da Série C

— Acabou o jogo e o procurador do Marquinhos nos ligou, a proposta está nas mãos dele e ainda precisa de uma conversa entre os presidentes. Com todo respeito a Chapecoense, mas eles têm que vir até nós. Há várias coisas que precisamos ajustar. O Marquinhos tem multa, está em contrato e ela é alta _ ressaltou Osvaldo Pioner, diretor-geral de futebol alviverde, que completou sobre a condição mínima estipulada pelo clube: 

— Precisamos documentar essas coisas todas. O Marquinhos, pelos números que estão aí, seria sacanagem a nossa não liberar ele. Mas a primeira coisa a definir é uma data de retorno dele. O Marquinhos comandará o Juventude na Série B com um projeto de voltar à elite. Não iremos abrir mão disso.

O treinador seguiu na mesma linha de raciocínio, ressaltando que as duas direções irão conversar. A proposta feita pela Chape é de contrato até o final do Brasileirão, num primeiro momento sem possibilidade de renovação. O próprio Marquinhos fez questão de garantir que estará no clube no dia 15 de dezembro, data de início para a pré-temporada ao Gauchão 2020.

— Eu tenho contrato com o retorno em 2020 e quero estar aqui. Garantido o acesso, temos uma situação definida para o ano que vem e está assinado. Eu cumpro com o que eu prometo e eu falo: em 2020 eu estarei no Juventude — garantiu Marquinhos.

Entre os jogadores, o único que tem a saída acertada é o meia Renato Cajá. Ele irá para a Ponte Preta por empréstimo e voltará para a pré-temporada ao Gauchão. Segundo Osvaldo Pioner, não há proposta oficial por nenhum outro jogador. Outras saídas também não estão descartadas ao longo desta semana, o atacante Breno está indo para o Londrina.

Leia também
Mutirão para quitar dívidas trabalhistas começa nesta segunda-feira

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros