Jogadores do Ju comemoram empate no Maranhão: "A gente não poderia perder"  - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Tudo igual02/09/2019 | 22h08Atualizada em 02/09/2019 | 22h12

Jogadores do Ju comemoram empate no Maranhão: "A gente não poderia perder" 

Verdão ficou no 0 a 0 com o Imperatriz-MA pelas quartas de final da Série C 

Jogadores do Ju comemoram empate no Maranhão: "A gente não poderia perder"  Arthur Dallegrave/Juventude/Divulgação
Centroavante Carlos Henrique teve duas boas chances e não conseguiu aproveitar Foto: Arthur Dallegrave / Juventude/Divulgação

O empate sem gols na noite desta segunda-feira (2), contra o Imperatriz-MA, foi considerado bom para o Juventude. Os comandados do técnico Marquinhos Santos exaltaram a força do adversário e a importância de não saírem derrotados no duelo de ida valendo acesso à Série B. 

Autor de uma assistência para finalização errada de Carlos Henrique, o meia Renato Cajá destacou o fato do Alviverde não ter sido derrotado no Maranhão: 

— A gente não poderia perder. O time deles era muito rápido e acostumado com o campo. Agora é fazer uma boa semana, pois lá o jogo vai virar. 

Leia mais
Juventude segura o empate e traz a decisão do acesso para o Alfredo Jaconi
Diário de Imperatriz: conheça a cidade onde o Juventude iniciará a disputa pelo acesso

O capitão João Paulo foi na mesma linha, salientando as condições adversas do gramado do estádio Frei Epifânio: 

— Jogo muito difícil, com campo muito complicado. Estamos vivos e esperamos que o torcedor nos ajude dentro de casa. 

Agora, o Alviverde se prepara para pegar o Imperatriz no estádio Alfredo Jaconi, na próxima segunda-feira (9), às 20h. Quem vencer garante acesso à Série B para a próxima temporada.

Leia também
Autor de pedido de impeachment do prefeito de Caxias do Sul é suspenso do PSD
 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros