Depois de show na arquibancada, a alegria Jaconera nas ruas com o acesso do Juventude - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Festa09/09/2019 | 23h44Atualizada em 10/09/2019 | 00h00

Depois de show na arquibancada, a alegria Jaconera nas ruas com o acesso do Juventude

Os 18.413 presentes quebraram o recorde de público da temporada e empurraram o Verdão para a Série B.  

Depois de show na arquibancada, a alegria Jaconera nas ruas com o acesso do Juventude Porthus Junior/Agencia RBS
Torcida seguiu a festa nas ruas de Caxias após o acesso do Juventude Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

O Juventude está na Série B. Se em campo a estrela foi Renato Cajá, fora dele quem fez a diferença foi a torcida do Juventude.  Os 18.413 presentes quebraram o recorde de público da temporada, deram show nas arquibancadas do Estádio Alfredo Jaconi e empurraram o Verdão para o acesso.  

A noite mágica começou com a recepção aos jogadores no Corredor Jaconero e se desenrolou durante o jogo. Depois, seguiu pelas ruas da cidade.  

Elói Muneron, 61 anos e sócio do clube há mais de 50, chorava de orgulhoso: 

— Hoje o Juventude jogou como gente grande. Melhor que isso, só se formos campeões da Série C. Eu vi o Juventude campeão lá no Rio de Janeiro, em 1999. Vivi todas as conquistas. 

A torcedora Bruna Zambiasi destacou a união de todos em prol do objetivo conquistado: 

— A torcida do Juventude merece esse acesso. O time se uniu com a torcida e a diretoria, o grupo tava fechado. A festa vai até a final. Ninguém segura o Ju. 

Leia mais
"Todos tinham um sonho e hoje conseguimos", diz Marquinhos sobre acesso do Ju
Em noite mágica de Renato Cajá, Juventude faz 4 a 0 no Imperatriz e está de volta à Série B

A maneira tranquila como o Verdão construiu o marcador e a permanência de Renato Cajá também foi destacada pelos torcedores, como Valquíria Rech: 

— É bom curtir cada minuto, mas no intervalo já estava tranquilo. Foi emocionante! O Juventude merece estar na Série B, e agora nós só queremos comemorar.  Estamos torcendo para que o Renato Cajá fique no Ju.

Leia também
Três projetos indicados pelo Corede-Serra receberão recursos
Vítima de acidente com carro, moto e caminhões em Caxias residia em Flores da Cunha 

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros