Jogadores do Ju vibram com retorno das vitórias, mas alertam para chances perdidas - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série C03/08/2019 | 21h40Atualizada em 03/08/2019 | 21h40

Jogadores do Ju vibram com retorno das vitórias, mas alertam para chances perdidas

Atletas alviverde comemoraram triunfo no Acre após quatro partidas de seca

Jogadores do Ju vibram com retorno das vitórias, mas alertam para chances perdidas Manoel Façanha / Atlético-AC, Divulgação/Atlético-AC, Divulgação
Foto: Manoel Façanha / Atlético-AC, Divulgação / Atlético-AC, Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

O sentimento de alívio do grupo do Juventude após a vitória sobre o Atlético-AC, que devolveu a equipe alviverde à liderança da Série C. Após quatro jogos sem vencer, a volta dos triunfos foi comemorada pelos atletas.

— Um jogo difícil. Time deles está na zona do rebaixamento, mas mostrou qualidade.Nosso time soube se defender e fazer os gols na hora certa. Precisamos melhorar, ainda estamos perdendo muitos gols. Precisa ser mais letal. Temos os últimos jogos para definir tudo e classificar— afirmou o meia Renato Cajá, autor do segundo gol alviverde.

Para o volante João Paulo, o Juventude soube driblar todos os adversários na Arena da Floresta:

— Era um jogo decisivo para a gente aqui. Meio complicado o campo, teve uns lances que não somos acostumados a errar. Mas graças a Deus a vitória veio e agora são mais três jogos e três finais para nós.

O capitão Eltinho, comemorou o resultado, mas lamentou as oportunidades desperdiçadas. Porém, o lateral pregou atenção para o duelo da próxima rodada:

— Nós já merecíamos ter vencido contra o São José. Aqui, tivemos as melhores oportunidades. Com todo o respeito para o Atlético, mas 2 a 0 foi pouco. Hoje valeu o resultado. Agora, vamos voltar para Caxias, porque quinta-feira (8) tem o Tombense, que vai valer a nossa classificação de verdade.

Leia mais
Juventude vence no Acre e volta à liderança do grupo B da Série C do Brasileiro

Responsável pela defesa que segurou a principal chance do Atlético-AC, no segundo tempo, o goleiro Marcelo Carné mostrou tranquilidade com o retorno das vitórias no Juventude.

— Estávamos vindo em um viés baixo, alguns jogos que oscilamos. Mas falo sempre no grupo, quando as coisas estão bem, não pode achar que está tudo bem, mas quando não acontecem da forma que a gente acha que tem que ser, não pode achar que está tudo errado. Tínhamos que retomar essa coragem para jogar. Hoje tivemos muitas chances e temos que ser cirúrgicos. Precisamos melhor isso — alertou o goleiro.

Leia também
Como foi o retorno de Sartori às atividades partidárias em Gramado



 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros