Intervalo: No mata-mata decisivo, Juventude vai encarar um rival em ascensão e como franco-atirador - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião26/08/2019 | 22h10Atualizada em 26/08/2019 | 22h12

Intervalo: No mata-mata decisivo, Juventude vai encarar um rival em ascensão e como franco-atirador

Imperatriz surpreendeu equipes mais tradicionais e busca segundo acesso seguido

Intervalo: No mata-mata decisivo, Juventude vai encarar um rival em ascensão e como franco-atirador marlon costa/futura press
Foto: marlon costa / futura press

Ao mesmo tempo em que o Juventude precisará mostrar sua força no mata-mata que vale a temporada, é preciso também ter certa cautela. Não adianta de nada menosprezar ou diminuir um adversário por não ter tanta tradição. O exemplo do Manaus está aí, bem recente para todos nós caxienses.

Leia Mais
Juventude decide acesso contra o Imperatriz-MA nas duas próximas segundas-feiras
Confira números e curiosidades da campanha do Juventude na primeira fase da Série C

O Imperatriz é outro clube em ascensão. Aproveitou o embalo do acesso na Série D, ganhou moral com o título estadual no início deste ano e foi, sem chamar tanta atenção, conquistando seu espaço na Terceira Divisão.

Não se pode tirar os méritos de um time que superou rivais mais tradicionais e que já figuraram nas principais divisões do cenário nacional, como Botafogo-PB, Santa Cruz-PE, ABC-RN e Treze-PB.

Pela competência, por uma dose de sorte, como dizem os repórteres de lá, ou simplesmente pela eficiência do seu trabalho, o Imperatriz chega como um franco-atirador. 

Por outro lado, o Juventude, que passou quase toda a primeira fase no G-4, tem a responsabilidade e a necessidade de retornar à Série B. É um passo decisivo para o seu futuro.

Em dois jogos, pouco mais de 180 minutos, equipes com trajetórias tão distintas lutarão pelo mesmo ideal. O sonho de subir e ter uma maior tranquilidade financeira.

É na segunda
É claro que o clube e os próprios torcedores iriam preferir uma decisão no domingo, às 16h, com um dia ensolarado. Mas, nem quando se fala em futebol brasileiro e, muito menos, do clima da Serra gaúcha, é possível imaginar a situação perfeita.

Sendo assim, o Juventude inicia – como também aconteceu em 2016 – e fecha sua participação no mata-mata decisivo na segunda-feira à noite. E aí, independentemente da data, o torcedor jaconero precisa entender a importância desse confronto final. Mesmo com o revés na última rodada, o time fez por merecer ter a vantagem de decidir em casa. E precisa aproveitar isso.

O 9/9/2019 pode ser mais uma data para ficar marcada na história alviverde.

Leia Também
Da Montanha à Seleção Brasileira: quem passou pelo Esportivo e vestiu a amarelinha

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros