Intervalo: Juventude fez o seu dever e venceu o lanterna - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião04/08/2019 | 21h00Atualizada em 04/08/2019 | 21h00

Intervalo: Juventude fez o seu dever e venceu o lanterna

Alviverde recupera a confiança no momento certo

Intervalo: Juventude fez o seu dever e venceu o lanterna Manoel Façanha/AtléticoAC,Divulgação
Foto: Manoel Façanha / AtléticoAC,Divulgação

O Juventude cumpriu com o seu dever. Tem um time mais qualificado e comprovou isso na prática vencendo o Atlético-AC e retomando o topo da tabela. Ao mesmo tempo, praticamente decretou o rebaixamento da equipe acreana à Série D. Mas o importante era voltar com os três pontos na bagagem, vide a classificação que coloca do Ju ao Paysandu com chances de classificar aos mata-matas.

O time de Marquinhos Santos retoma a confiança no momento crucial do torneio e encara mais um time que briga para não cair, na quinta-feira. Vencer o Tombense será importante, já que numa tabela embolada qualquer ponto perdido poderá fazer uma grande falta. Com o dever cumprido no Acre e destaque para o gol de Carlos Henrique – que marcou quando o time precisou –, não há dúvidas que o time alviverde chegará mais forte para as últimas três decisões desta etapa.

Leia mais
Intervalo: as mudanças na equipe do Juventude são salutar neste momento

Sobrando na Série C

O time de Marquinhos Santos tem uma espinha dorsal de jogadores que são muito regulares, fazendo a equipe crescer num todo: o goleiro Marcelo Carné, o zagueiro Sidimar e o volante/extrema/lateral John Lennon. Adiciono aqui o atacante Dalberto, mesmo não tendo a mesma regularidade, é uma peça fundamental no sistema. 

Mas também existe um que vem sobrando com esse coletivo bem: o volante João Paulo. É inegável ser o melhor jogador de linha da equipe, pela iniciação das jogadas e pelo poder defensivo. 

O segundo gol no sábado iniciou, inclusive, com um belo passe do camisa 5.

Belo reconhecimento

O técnico Léo Figueiró irá comandar a seleção brasileira de basquete sub-21 no Campeonato Sul-Americano 2019. A competição será sediada na Colômbia, de 12 a 17 de agosto. Isso só mostra que na última temporada com basquete de alto nível em Caxias do Sul, o time contava com profissionais de alto gabarito. 

Na última edição do NBB, Figueiró fez um grande trabalho como treinador e levou o Botafogo às semifinais do torneio. 

No Caxias Basquete, ele era o auxiliar de Rodrigo Barbosa. Ainda assim, teve um peso gigante na campanha do time.

Leia também
Caxias do Sul é a primeira cidade gaúcha a contar com o projeto Médicos de Rua

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros