Com chances de classificar antes de entrar em campo, Juventude concentra atenções no Voltaço - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série C13/08/2019 | 20h02Atualizada em 13/08/2019 | 20h02

Com chances de classificar antes de entrar em campo, Juventude concentra atenções no Voltaço

Se a dupla Re-Pa perder, equipe alviverde estará nas quartas de final

Com chances de classificar antes de entrar em campo, Juventude concentra atenções no Voltaço Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Volante João Paulo diz que time trata partida como mais uma decisão Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

A semana do Juventude é focada em não deixar que qualquer outro pensamento que não seja o Volta Redonda entre no vestiário alviverde. A 17ª rodada pode representar a passagem do time para a fase de mata-mata do Campeonato Brasileiro da Série C. E isso pode acontecer de uma maneira bem inusitada.

Uma vitória do Luverdense sobre o Paysandu, na quinta-feira(15), somada com o São José-PoA tirando pontos do Remo, no dia seguinte, colocam o Juventude matematicamente na próxima fase.

Mesmo que na próxima sexta-feira (16), por volta das 22h, a classificação possa ser comemorada pela Papada, os comandados do técnico Marquinhos Santos só querem falar sobre a partida das 20h da segunda-feira, dia 19, no Estádio Raulino de Oliveira.

Leia mais
A um ponto da vaga, atacante do Juventude analisa confronto direto pela classificação
Saiba o que o Ju precisa para classificar matematicamente na próxima rodada

— Nesse momento, só pensamos no jogo contra o Volta Redonda, que é importantíssimo. É um time que está brigando no G-4 também. Estamos pensando só neles. E, se Deus abençoar, vamos sair com a vitória — afirmou o compenetrado volante João Paulo.

Se conseguir um lugar no G-4 por conta da ineficiência dos rivais — e por méritos do  Ju nas rodadas anteriores —, ainda assim, os objetivos alviverdes não estarão totalmente cumpridos. O foco é estar entre os dois primeiros do Grupo B para trazer o jogo decisivo do acesso para Caxias do Sul. 

Até por isso, João Paulo alerta em relação ao que o time precisa fazer para trazer essa meta do Rio de Janeiro:

— Temos que trabalhar o que estamos errando. Tem que acertar. Como sempre falo, nessa reta final não pode ter erro. O Marquinhos com certeza vai trabalhar muito onde estamos errando e vamos melhorar ainda mais nossos acertos.

A partida da segunda-feira é a última do Juventude fora de casa nessa fase de classificação. O próximo jogo longe do Jaconi será nos confrontos do acesso, seja o primeiro, com o Papo em  dentro do G-2, ou o derradeiro, com o alviverde se classificando em terceiro ou quarto. No entanto, os jogadores já tratam o duelo contra o Volta Redonda como um jogo de mata-mata.

— Nós já pensamos que é uma decisão. É uma final. Temos que vencer, somar ponto, porque a briga está muito grande. Vamos com esse intuito para fazer um grande jogo lá — concluiu João Paulo.

Leia também
Metalúrgicos assinam convenção coletiva em clima harmonioso
Quem é? Identidade de busto apreendido com homem em Caxias ainda não foi esclarecida

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros