"Vai ser outra guerra", diz zagueiro do Cianorte sobre duelo com o Caxias - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série D06/07/2019 | 08h00Atualizada em 06/07/2019 | 08h00

"Vai ser outra guerra", diz zagueiro do Cianorte sobre duelo com o Caxias

Breno vê o fato de jogar em casa como a única vantagem do Leão do Vale

"Vai ser outra guerra", diz zagueiro do Cianorte sobre duelo com o Caxias Diego Menegon/Cianorte/Divulgação
Foto: Diego Menegon / Cianorte/Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

O pário para o Caxias chegar ao jogo que vale o acesso à Série C não será fácil. A equipe do técnico Paulo Henrique Marques terá que derrubar o Cianorte, um time muito forte e que vê a decisão dentro do Estádio Albino Turbay, neste domingo (7), às 15h, como uma leve vantagem. O zagueiro Breno, que passou pelo grená em 2015, ressalta que será uma guerra:

—É uma partida muito importante. Foi difícil jogar contra o Caxias aí, só que agora é na nossa casa. Vamos impor nosso ritmo. Eles têm jogadores de qualidade, mas vai ser outra guerra.

Segundo o defensor, o time grená não mudou muito com a troca de treinador. Mas ressalta que o empate dentro do Centenário estava nos planos do Cianorte, até pela qualidade das duas equipes. Num jogo de detalhes, ele faz questão de ressaltar que não existem favoritos.

Leia mais
Caxias renova contrato com zagueiro titular
Os aprendizados de outra fase: o que ficou para o Caxias dos jogos contra o Avenida

— Falei para o Jean (capitão do Caxias), era injustiça se baterem nessa fase. São dois times acima dos demais. O favorito é quem jogar melhor e for mais tranquilo, esse avançará de fase — ressaltou.

O diferencial mesmo está no gramado. Algo reclamado pelos grenás e que também é admitido por Breno. Dois times que tentam atacar, mas terão o desafio de conseguir controlar bem a bola neste duelo.

— Agora aqui é um campo que conhecemos. Não é bom, terá dificuldades para os dois times. Aqui precisamos propor nosso jogo e com apoio da nossa torcida para conseguir vencer — destacou.

Após esta fase, os confrontos não serão mais regionais. O escalonamento será pela campanha geral dos clubes, sendo o 1º contra o 8º e assim sucessivamente. 

Leia também
"Nos últimos 15 minutos não tem estratégia", diz o técnico Alê Menezes sobre acesso do Brasil-Fa
Programa da prefeitura de Caxias do Sul não tem transparência


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros