Triste sina: relembre os tropeços nacionais do Caxias nos últimos 10 anos - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Frustração grená21/07/2019 | 18h40Atualizada em 21/07/2019 | 18h40

Triste sina: relembre os tropeços nacionais do Caxias nos últimos 10 anos

No sábado (20), torcedor lamentou eliminação da Série D para o Manaus

Triste sina: relembre os tropeços nacionais do Caxias nos últimos 10 anos Porthus Junior/Agencia RBS
Em 2009, time grená foi eliminado na Série C pelo Guaratinguetá, no jogo do acesso, no Centenário Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

A vitória em casa por 1 a 0 no jogo de ida era indício de uma boa vantagem sobre um adversário de pouca expressão no cenário nacional. No entanto, o pênalti desperdiçado pelo meia Rafael Gava, nos últimos minutos, foi o suficiente para reacender a desconfiança do torcedor. Em busca de um acesso à Série C desde a queda, em 2015, é o segundo ano consecutivo em que o time bate na trave. 

Bem antes dos 3 a 0 na Arena da Amazônia e a eliminação para o Manaus, o time grená convive com frustrações no cenário nacional

Leia Mais
"Eu assumo a culpa, se for preciso", diz vice de futebol sobre eliminação do Caxias
Diário de Manaus: ônibus com torcedores do Caxias é apedrejado na saída da Arena
Após eliminação do Caxias, meia Wagner dispara contra atletas e ex-comissão técnica
Em tarde irreconhecível, Caxias sofre 3 a 0 para o Manaus e dá adeus ao sonho do acesso 

“Mais chegou no momento decisivo”. Essa frase do vice de futebol, José Caetano Setti, simboliza a luta grená nas últimas edições de Séries C e D. Vem sendo assim desde a lamentada invasão grená, em 2009, quando o clube levou 24.816 torcedores ao Estádio Centenário para reverter um 2 a 0, mas ficou no empate em casa em 1 a 1 e viu o Guaratinguetá comemorar a vaga na Série B no ano seguinte.

Mesmo com elencos fortes e boas campanhas, o Caxias tem vacilado na hora da decisão. Relembre os tropeços e as frustrações grenás nos últimos 10 anos na Terceira ou Quarta Divisão.

Relembre os últimos tropeços nas Séries C e D:

*** Caxias x Guaratinguetá - Porthus6 ***Caxias x Guaratinguetá, segundo jogo válido pelas quartas de final da série C do Campeonato Brasileiro e realizado no estádio Centenário. O Caxias empatou em 1 a 1 e não conseguiu acesso à série B. Na foto, comemoração do Guaratinguetá.
Depois de perder fora de casa, Caxias empatou no Centenário com o Guaratinguetá em 1 a 1, em 2009Foto: Porthus Junior / Agencia RBS

2009 - Casa cheia e vitória do Guaratinguetá
Com direito ao maior público da Série C daquele ano, com 24.816 pessoas no Centenário, o empate em 1 a 1 não foi suficiente para superar o Guaratinguetá. O time paulista havia vencido em casa por 2 a 0, no jogo de ida, e ficou com a vaga na Série B do ano seguinte.

2010 - Empate e eliminação
Num grupo que tinha outros dois gaúchos – Juventude e Brasil-Pel – o Caxias viu os catarinenses Criciúma e Chapecoense passarem da primeira fase na Série C. Na última rodada, empate em 0 a 0 com o Brasil-Pel, no Centenário, e ambos morreram abraçados. Quem quem vencesse avançaria.

2011 - Parou na primeira fase
Chapecoense e Joinville se classificaram no grupo que ainda tinha Santo André e Brasil-Pel. O Caxias ficou em terceiro e foi eliminado na primeira fase da Série C.

2012 - Mudou a fórmula
Inicia a fórmula com dois grupos de 10 times. Único gaúcho na competição, ficou pelo caminho na chave B ao perder fora de casa para o Duque de Caxias, por 2 a 1. Se vencesse, avançaria.

LUCAS DO RIO VERDE, MT, BRASIL, 27/10/2013. Luverdense x Caxias, segundo jogo de volta das quartas de final da Série C do Campeonato Brasileiro e realizado no estádio Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde (MT). (Rodrigo Mateus/Especial)
Em 2013, time caiu para o Luverdense, com duas derrotasFoto: Rodrigo Mateus / Especial

2013 - Derrotas aqui e em Lucas do Rio Verde
Ainda na Série C, passou de fase na terceira colocação do Grupo B, mesmo perdendo na última rodada. Restava o mata-mata contra o Luverdense. No primeiro jogo, no Centenário, derrota em casa por 2 a 1. No Mato Grosso, novo revés (2 a 0) e eliminação no jogo do acesso.

2014 - Não passou
Terminou a primeira fase da Série C na oitava colocação, com derrotas nas rodadas finais para Guarani (em casa) e Macaé (fora). Seis pontos que dariam a classificação.

2015 - Para esquecer
Um ano para esquecer. Além de rebaixado no Gauchão, terminou a participação na Série C na última colocação do seu grupo, sem sequer ter vencido em 18 jogos. Desde então, nunca mais voltou à Terceira Divisão.

2016 - Na Série D, parou no Inter de Lages
O objetivo era voltar rapidamente à Série C, mas uma queda precoce já no primeiro mata-mata alterou os planos. Como passou em segundo no seu grupo, o rival foi o Inter de Lages e a decisão em Santa Catarina. No entanto, derrota já no jogo de ida, em Caxias, por 2 a 1. Na volta, 0 a 0 em Lages.

2017 - Não disputou competição nacional

 CAXIAS DO SUL, RS, BRASIL, 08/07/2018. SER Caxias x Treze-PB, jogo da volta válido pelas quartas de final da série D do Campeonato Brasileiro e realizado no estádio Centenário. (Porthus Junior/Agência RBS)Indexador: Porthus Junior
Em 2018, eliminação grená veio em casa para o Treze, na Série D, depois de ter saído na frenteFoto: Porthus Junior / Agencia RBS

2018 - Em casa, deu Treze
Depois de um bom Gauchão, mas com queda nas quartas de final para o Avenida, o segundo ano com Luis Carlos Winck teve um Caxias dominante na Série D. Primeiro lugar do grupo, o time foi avançando de fase até chegar às quartas de final. O adversário era o Treze-PB. No primeiro jogo, 1 a 0 para os paraibanos. Na volta, no Centenário, era preciso vencer para subir à Série C. O time saiu na frente, com gol de Júnior Alves, mas sofreu a virada e perdeu por 3 a 1, numa partida que acabou em confusão.

Leia também
Motoristas demonstram cautela no primeiro dia após desligamento dos pardais nas rodovias gaúchas
Maior vencedora, ACBF conquista a Libertadores de Futsal pela sexta vez

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros