Marquinhos Santos resume a atuação do Juventude contra o Boa: "Criamos muito pouco" - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Momento ruim20/07/2019 | 22h07Atualizada em 20/07/2019 | 22h16

Marquinhos Santos resume a atuação do Juventude contra o Boa: "Criamos muito pouco"

Técnico disse que a partida em Varginha foi uma das piores do time na Série C

Marquinhos Santos resume a atuação do Juventude contra o Boa: "Criamos muito pouco" Porthus Junior/Agencia RBS
Foto: Porthus Junior / Agencia RBS
Pioneiro
Pioneiro

Como não poderia deixar de ser, o técnico Marquinhos Santos estava insatisfeito com o desempenho do time do Juventude na entrevista coletiva após a derrota para o Boa Esporte. O comandante alviverde citou a falta de profundidade do ataque como um dos principais motivos para o revés por 1 a 0.

Leia Mais
Após o revés em Varginha, goleiro do Juventude pede mais ousadia para o setor ofensivo
Juventude perde para o Boa Esporte e deixa a liderança do Grupo B 

— Fizemos uma das piores partidas na Série C fora de casa. Criamos muito pouco. Mesmo com três atacantes e depois quatro no final para ter profundidade. Não conseguimos jogadas individuais e, além disso, a complicação de, pelo segundo jogo seguido, perder um atleta expulso. Vamos conversar, é reta final e teremos dois confrontos diretos, decisões em casa. Precisamos produzir mais — afirmou Marquinhos. 

Com cinco pontos conquistados dos últimos 15 disputados, o treinador reafirmou que o primeiro objetivo do clube é a classificação. Por isso, a resposta precisa ser rápida. No domingo, dia 28, a equipe recebe o atual líder São José-PoA, no Alfredo Jaconi.

— Nós buscamos sim, terminar entre os dois primeiros. Mas, o principal objetivo é estar entre os quatro, classificado. Tivemos uma queda de performance nos últimos três jogos e agora é trabalhar, falar menos e corrigir o que está ocorrendo de errado para voltar a vencer. Temos um clássico regional contra o São José e vale a liderança — destacou o treinador, que ainda espera encontrar a melhor formação para a reta final da primeira fase:

— É uma sequência difícil, de pontos perdidos. O Boa estava no desespero, melhorou sua postura com a chegada do Nedo Xavier. E nós precisamos corrigir os erros que estamos cometendo, encontrar um padrão e encaixar novamente a equipe nesta reta final para ir em busca do acesso. 

Para o jogo contra o Zequinha, o time alviverde não terá o goleiro Marcelo Carné, suspenso. Além dos retornos de Eltinho e Dalberto, o treinador poderá contar com os atacantes Carlos Henrique e Gabriel Poveda, contratados nesta semana.

Leia Também
Após eliminação do Caxias, meia Wagner dispara contra atletas e ex-comissão técnica
Em tarde irreconhecível, Caxias sofre 3 a 0 para o Manaus e dá adeus ao sonho do acesso
Sem surpresas, Caxias está confirmado para o jogo que vale o acesso à Série C
VÍDEO: foguetório e buzinaço durante a madrugada na concentração do Caxias  


 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros