Juventude perde para o Boa Esporte e deixa a liderança do Grupo B  - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série C20/07/2019 | 21h06Atualizada em 20/07/2019 | 21h06

Juventude perde para o Boa Esporte e deixa a liderança do Grupo B 

Equipe alviverde leva 2 a 0 em Varginha e vai finalizar rodada na terceira posição

Juventude perde para o Boa Esporte e deixa a liderança do Grupo B  Mario Purificação / Boa Esporte, Divulgação/Boa Esporte, Divulgação
Foto: Mario Purificação / Boa Esporte, Divulgação / Boa Esporte, Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Em mais uma fraca atuação longe de casa, o Juventude sofreu sua terceira derrota na Série C e deixou a liderança do Grupo B. O time alviverde levou 2 a 0 do Boa Esporte, em Varginha, e caiu para a segunda colocação, com 20 pontos, dois a menos que o São José. A equipe ainda vai perder outra posição ao final da rodada, já que Paysandu e Volta Redonda se enfrentam neste domingo

Na próxima rodada, o Ju tem o confronto gaúcho contra o São José-PoA, domingo, dia 28, às 18h, no Estádio Alfredo Jaconi.

Leia Mais
Retorno de Vidal ao time titular é a novidade do Juventude para encarar o Boa Esporte
Com atenção à bola parada, Juventude joga para seguir na liderança
Braian Rodríguez e Breno disputam vaga em aberto no Juventude

Em um início de jogo movimentado, o Juventude foi quem assustou antes. Logo no primeiro minuto, após boa troca de passes, Vidal cruzou da direita e Breno errou a finalização de primeira. E a iniciativa alviverde parou por aí. A maior parte das tentativas parava em erros de passe.

Mesmo com a maior posse de bola, o Boa Esporte não conseguia criar lances de perigo. As chances só vinham em bolas lançadas para a área. Aos 27, um dos cruzamentos encontrou Gustavo Henrique, que cabeceou sobre o gol.

Em um duelo muito brigado e sem muita qualidade, o placar só seria aberto em uma falha defensiva. E ela foi do Juventude. Aos 37, a defesa alviverde saiu errado após a pressão em João Paulo. Nonoca roubou e Gindre tocou para Renan Ribeiro, com o gol aberto, marcar o 1 a 0.

O Ju tentou responder aos 41. Bruno Alves arrancou pela direita e cruzou com perfeição para Breno. O camisa 11 desviou de cabeça e a bola passou rente à trave de Renan Rocha.

Aos 45, outro susto para o torcedor alviverde. Em um lançamento longo para a área, Marcelo Carné saiu mal e Gustavo Henrique quase ampliou o marcador.

Na volta do intervalo, Marquinhos Santos voltou com a mesma formação e o Ju, apesar de ficar mais tempo no campo ofensivo, pouco levou perigo ao rival nos minutos inicias. Aos 13, uma mudança dupla na tentativa de reverter o cenário. Com Renato Cajá e Braian nas vagas de Aprile e John Lennon, o time alviverde ficou mais ofensivo. Aos 15, Cajá cobrou falta em direção ao gol e Sidimar dividiu com o defensor antes da saída da bola. 

Em contra-ataque do Boa, aos 20, Nonoca arrancou nas costas de Sidimar e Marcelo Carné derrubou o atacante nas proximidades da área. Amarelo para o goleiro, que está suspenso e fica fora da partida contra o Zequinha. Dois minutos depois, os donos da casa chegaram mais uma vez. Renan Ribeiro recebeu na esquerda e achou Danilo pelo meio. O meia cortou Genílson duas vezes, mas na hora de finalizar mandou por cima do gol.

A partir dos 25 minutos, o jogo ficou com uma característica bem clara. O Juventude com o domínio territorial, mas com dificuldades de finalizar. Por outro lado, o Boa tentava explorar os contra-ataques.

Aos 30, Breno recebeu bom passe de Felipe, mas errou o chute de pé esquerdo. Com Caprini na vaga de Felippe, o técnico Marquinhos Santos lançou sua última ficha em busca do empate. O problema é que Caprini ficou pouco tempo em campo. Aos 40, o atacante foi dividir com o zagueiro rival e o árbitro deu o cartão vermelho por uma possível agressão.

Mesmo com um a menos, o Ju teve a chance de igualar o placar em cobrança de falta próxima à área. Renato Cajá cobrou e Renan Rocha defendeu firme.

Para confirmar a vitória do Boa, um golaço. Abner recebeu na intermediária, limpou João Paulo e acertou um chutaço no ângulo de Carné: 2 a 0.

Ficha técnica

Boa Esporte
Renan Rocha; Chiquinho, Edimar, Bruno Maia e Tsunami; Rodrigo, Nonoca (Kaio Cristian, 29/2º) , Gindre (Abner, 38/2º) e Danilo; Renan Ribeiro e Gustavo Henrique.
Técnico: Nedo Xavier

Juventude
Marcelo Carné; Vidal, Genílson, Sidimar e Felippe (Caprini, 34/2º); João Paulo, John Lennon (Braian, 13/2º), Denner, Aprile (Renato Cajá, 13/2º) e Breno; Bruno Alves
Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Renan Ribeiro (B), aos 37min, no primeiro tempo. Abner (B), aos 47min, no segundo.
Expulsão: Caprini (J).
Amarelos: Bruno Maia, Gindre (B); João Paulo, Marcelo Carné (J).
Local: Estádio do Melão, em Varginha (MG).

Leia Também
Após eliminação do Caxias, meia Wagner dispara contra atletas e ex-comissão técnica
Em tarde irreconhecível, Caxias sofre 3 a 0 para o Manaus e dá adeus ao sonho do acesso

om:cms -->
 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros