Juventude cede empate ao São José-PoA e vaga alviverde no G-4 fica ameaçada - Esportes - Pioneiro

Versão mobile

 
 

Série C28/07/2019 | 19h58Atualizada em 28/07/2019 | 19h58

Juventude cede empate ao São José-PoA e vaga alviverde no G-4 fica ameaçada

Com gols no final, gaúchos ficam no 1 a 1 e Papo pode cair para quinto lugar no grupo

Juventude cede empate ao São José-PoA e vaga alviverde no G-4 fica ameaçada Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

O Juventude esteve bem perto de retomar a pontuação de liderança do grupo B do Campeonato Brasileiro da Série C. O gol de Renato Cajá, aos 39 minutos do segundo tempo, estava dando a vitória para a equipe alviverde sobre o São José-PoA, no noite deste domingo (28), no Estádio Alfredo Jaconi. Porém, Luiz Eduardo, aos 41, deu a igualdade ao placar e o 1 a 1 fez com que o time do técnico Marquinhos Santos caia para o quarto lugar na chave. Se o Paysandu vencer hoje o Boa Esporte, o Juventude deixa a zona de classificação à próxima fase. No sábado (3), o esmeraldino encara o Atlético-AC, fora de casa.

O jogo começou morno. Nos minutos iniciais, a partida foi truncada e com mais reclamações e faltas do que lances de perigo. O estreante Carlos Henrique, pouco tocou na bola, mas ainda assim teve uma chance. Rafael Cajá, que começou pela primeira vez começou como titular, demorou a entrar no jogo e teve seus melhores momentos no quarto final do primeiro tempo - incluindo um belo drible de letra. 

 O primeiro momento de maior perigo só veio aos 20 minutos. Eltinho evoluiu pela esquerda em jogada rápida de ataque alviverde, cruzou e viu Dalberto, livre pelo meio, empurrar para o fundo das redes. Porém, a arbitragem já havia impugnado o lance marcando impedimento.

Aos 26, o Zequinha foi quem levou perigo. Rafael Tavares fez jogada pela esquerda e cruzou. A defesa alviverde aliviou parcialmente e quando Luiz Eduardo ia para a finalização, Eltinho cortou para a lateral. No arremesso, a bola foi lançada à área e o centroavante do São José mandou uma bicicleta à direita do gol de Omar.

O Juventude quase abriu o marcador aos 31. Dalberto, do meio da rua, matou no peito e fuzilou com um chutaço procurando o ângulo direito de Fábio. O goleiro da equipe porto-alegrense se esticou todo e evitou o gol do Papo.

Dez minutos depois - e uma reclamação de pênalti não atendida -, o Juventude vou a arriscar. Aos 41, Denner fintou a marcação, tabelou com Vidal e chutou, mas Fábio defendeu.

Leia mais
Conheça a história do titular do Juventude que antes de virar goleiro passou pelo vôlei
Poveda é apresentado no Juventude e afirma preferência por jogar como centroavante

Aos 43, como de praxe, Dalberto ganhou na velocidade, limpou a marcação, mas pecou na hora da finalização e mandou à direita do gol do Zequinha, desperdiçando mais uma chegada.

A chance mais clara da primeira etapa veio aos 46. Eltinho tabelou com Cajá e encontrou Carlos Henrique livre no meio. O centroavante chutou com força, mas Fábio fez excelente aparição e evitou o gol alviverde. Foi a derradeira chance dos 45 minutos iniciais.

Na volta do intervalo, o Papo chegou mais cedo. Aos três minutos, John Lennon, após receber passe de Cajá, levou perigo com um chute rasteiro à direita do gol adversário. 

Aos 14, foi Dalberto quem cruzou para a área e Carlos Henrique, tentando se desvencilhar da marcação, cabeceou pela linha de fundo.  Aos 21, o centroavante recebeu passe em profundidade de Bruno Alves - que aproveitou bobeira de Wagner-, mas o goleiro Fábio saiu e fez o corte com o pé.

Com o São José acomodado com o empate, o Juventude seguiu tentando. Aos 29, Cajá arrancou pela direita, foi para cima da marcação, mas tentou cavar um pênalti. O árbitro nada marcou e ainda deu amarelo para o meia alviverde.

Aos 38, o lance que decidiu o jogo. Na pressão alviverde, o zagueiro Genilson apareceu livre pela direita no ataque e cruzou. A bola bateu na mão de Wagner e o árbitro Felipe Lima não hesitou e marcou o pênalti. Na cobrança, Renato Cajá caminhou, fez paradinha e chutou. A bola bateu na trave, desviou no goleiro Fábio e voltou para o meia alviverde. No rebote, o meia empurrou de cabeça e fez o primeiro gol no seu retorno ao Juventude: 1 a 0 para o Papo.

A festa Jaconera, no entanto, não durou um minuto. Aos 41, O São José cobrou falta da esquerda e o centroavante Luiz Eduardo desviou de cabeça para o fundo da rede: 1 a 1 e empate frustrante para o Ju.


Ficha técnica
Campeonato Brasileiro - Série C
Estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul - 28/7/19
Juventude x São José-PoA

Juventude:  Omar, Vidal, Genilson, Sidimar e Eltinho; João Paulo; John Lennon (Poveda, 46'/2°), Renato Cajá, Denner (Bruno Alves, intervalo) e Dalberto; Carlos Henrique (Breno, 26'/2°). Técnico: Marquinhos Santos

São José-PoA:  Fábio, Márcio Lima, Rafael Goiano, Wagner e Dudu Mandai; Tiago Pedra, Karl e Rafael Tavares (Everton Alemão, 49'/2°); Matheusinho, Rafael Carrilho (Tiago Pará, 39'/2°) e Luiz Eduardo (Gustavo Xuxa, 45'/2°). Técnico: Rafael Jaques

Arbitragem: Felipe Fernandes de Lima, auxiliado por Sidmar Meuer e Magno Lira (trio mineiro)

Cartões amarelos: Sidimar, Genilson, Denner, Renato Cajá, Bruno Alves (J), Matheusinho, Dudu Mandai, Carrilho (S)

Leia também
"O dia em que o altar virou palanque", critica ex-prefeito de Caxias do Sul 
Conheça segredos para não errar na escolha dos livros para as crianças

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros