Conheça o estádio de Copa do Mundo que pode ser o palco do acesso do Caxias à Série C - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série D15/07/2019 | 10h52Atualizada em 15/07/2019 | 13h25

Conheça o estádio de Copa do Mundo que pode ser o palco do acesso do Caxias à Série C

Arena da Amazônia tem capacidade para 44.300 pessoas

Conheça o estádio de Copa do Mundo que pode ser o palco do acesso do Caxias à Série C Lucas Amorelli/Agencia RBS
A Arena da Amazônia receberá o duelo entre Manaus e Caxias no sábado (20) Foto: Lucas Amorelli / Agencia RBS

No próximo sábado (20), às 16h, Manaus e Caxias se enfrentam novamente para definir quem consegue o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. No primeiro jogo, vitória grená por 1 a 0. A partida decisiva será em um estádio de Copa do Mundo: a Arena da Amazônia. 

Ele foi construído para ser utilizado como uma das 12 sedes do Mundial de 2014 e foi inaugurado em 9 de março daquele ano. Durante a Copa,  recebeu quatro partidas, todas da primeira fase: Inglaterra 1x2 Itália, Camarões 0x4 Croácia, Estados Unidos 2x2 Portugal, Honduras 0x3 Suíça. 

Leia Mais:
Centroavante do Caxias aparece no momento decisivo
Galeria de fotos: imagens da vitória do Caxias contra o Manaus

Além de partidas de futebol, também pode receber shows, eventos, feiras e visitações. É uma Arena Multiuso com capacidade para 44.300 pessoas. O maior público do Manaus na atual edição da Série D foi de 3.621 pessoas nas oitavas de final contra o São Raimundo-PA, na vitória por 1 a 0 e classificação nos pênaltis por 4 a 3.

A Arena da Amazônia custou R$ 605 milhões e possui uma localização estratégica entre o Aeroporto Internacional de Manaus e o centro histórico da cidade. A sua arquitetura foi inspirada na floresta amazônica através da paisagem da selva. As estruturas metálicas são em forma de aro que cruzam entre si para formar uma construção que remete a galhos de árvores.  

A estrutura do estádio apresenta 400 vagas para estacionamento subterrâneo, restaurante, sistema para reaproveita a água da chuva, estação que possibilitar tratar o esgoto e ventilação natural para reduzir o consumo de energia. 

O maior público que a Arena Amazônica recebeu até hoje foi em 24 de abril de 2016, em jogo pelo Campeonato Carioca: Vasco 2x0 Flamengo. O público foi de 44.419. 

Números da Arena da Amazônia

44,3 mil lugares;
445 assentos para pessoas com deficiência;
68 camarotes;4 cabines de transmissão;
141 antenas de Internet Wi-Fi;
71 câmeras de segurança;
18 pontos de venda de alimentação e bebidas;
82 banheiros (41 femininos e 41 masculinos);
338 vagas de estacionamento;
84.000 m² de área construída;
15,8 mil toneladas de aço;
61.425 m³ de concreto;
Início da construção: junho/2010;
Valor do investimento: R$605 milhões.

Confira imagens da Arena da Amazônia feitas pelo fotógrafo Lucas Amorelli:

Leia Também
Nova liminar proíbe prefeitura de retirar ou demolir bancas de revistas de Caxias
Caxias do Sul arranca e para na hora do rush

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros