Caxias vence o Cianorte e está a dois jogos do retorno à Série C - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Classificado07/07/2019 | 17h07Atualizada em 07/07/2019 | 17h08

Caxias vence o Cianorte e está a dois jogos do retorno à Série C

Em jogo com muita confusão, grená fez 2 a 1 e garantiu vaga nas quartas

Caxias vence o Cianorte e está a dois jogos do retorno à Série C Diego Menegon / Cianorte, Divulgação/Cianorte, Divulgação
Foto: Diego Menegon / Cianorte, Divulgação / Cianorte, Divulgação

No sufoco, com confusão e lance polêmico. Foi assim, contra um difícil adversário e uma arbitragem ruim para os dois lados, que o Caxias conquistou a classificação diante do Cianorte para as quartas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. A vitória por 2 a 1 no interior paranaense, na tarde deste domingo (7), garantiu o Grená na fase decisiva da quarta divisão nacional. Agora, o time do técnico Paulo Henrique Marques aguarda a conclusão das oitavas para saber contra quem decidirá o acesso à Série C de 2020.

Leia mais
Confronto que vale o ano e o jogo do acesso: Caxias encara o Cianorte

O Caxias começou o confronto sem ter marcado gols em nenhuma das três partidas de mata-mata. Depois dos empates em 0 a 0 nos dois duelos contra o Avenida e no jogo de ida contra o Cianorte, o time grená completou 290 minutos sem balançar as redes adversárias.

Porém, essa escrita foi quebrada logo aos dois minutos de jogo no interior paranaense. O lance teve início com Wagner, que limpou a marcação no campo de defesa e passou para Eduardo Diniz. O lateral-esquerdo lançou Márcio Jonatan na velocidade. O atacante ajeitou para Diego Miranda, que finalizou para defesa de Bruno. No rebote, o meia Rafael Gava chutou forte, o goleiro do Cianorte ainda tocou na bola, mas não evitou. Placar aberto no Albino Turbay: 1 a 0 para o Caxias.

A vantagem no marcador não intimidou o time do técnico Paulo Henrique Marques, que seguiu se defendendo forte e tentando chegadas ao ataque. Aos 19, Foguinho recebeu na entrada da área, girou e finalizou para fora.

No minuto seguinte, a primeira chegada forte dos mandantes. Após cobrança de falta da direita, Gercimar desviou para o meio. O zagueiro Maurício, ex-Juventude, conseguiu errar incrivelmente. Para sua sorte, o auxiliar assinalou impedimento do jogador do time paranaense.

Leia também
Dez anos depois, Caxias terá atleta no Troféu Brasil de Atletismo

Mesmo que o Cianorte tenha tomado conta do jogo nos 15 minutos finais, foi do Caxias o lance mais perigoso. Aos 36, Márcio Jonatan invadiu a dribles pela esquerda, incluindo uma caneta no zagueiro Breno. Porém, na hora de finalizar, o atacante grená mandou por cima.

Antes do intervalo, o Cianorte teve Breno cabeceando no ângulo direito de Lee. O goleiro grená voou e fez uma bela defesa. Mas mais uma vez o auxiliar já impugnava o lance por impedimento do zagueiro do time da casa. A vantagem da primeira parte do jogo foi do Caxias.

O segundo tempo começou com muita emoção e confusão. Aos três minutos, após cobrança de escanteio, Gercimar desviou e Wesley empurrou para o fundo da rede, empatando para o Cianorte. Porém, o auxiliar Vitor Metensteine não correu para o meio do campo. O árbitro José Cláudio Rocha Filho confirmou o gol. A partir daí, a confusão se generalizou.

Em um primeiro momento, o juiz seguiu a indicação do bandeirinha. Depois, com a participação do quarto árbitro Rodrigo Domingues auxiliou, indicando a legalidade do gol. Entre mudanças de decisão do quarteto paulista, empurra-empurra de jogadores e muita inconsistência nas decisões da arbitragem, foram 12 minutos de paralisação até que o 1 a 1 fosse confirmado e a partida reiniciada.

O jogo parecia se encaminhar para uma nova decisão de pênaltis, quando aos 35, Diego Miranda lançou para Michel. O centroavante, criticado na partida em Caxias do Sul, aproveitou a saída do goleiro Bruno e tocou para o fundo da rede: 2 a 1 para o Grená.

A partir daí, o Caxias começou a administrar a vantagem, enquanto os paranaense tentavam alternativas. Aos 51, Madalena finalizou, mas a defesa do time caxiense cortou. Aos 54, o atacante do Cianorte Rodrigo Alves ainda foi expulso após receber o segundo amarelo.

Após 14 minutos de acréscimos, a festa foi do Caxias, que conseguiu no momento certo seu primeiro triunfo longe do Centenário. Vitória grená, classificação e dois jogos para o retorno grená à Série C.


Ficha técnica
Campeonato Brasileiro - Série D - Oitavas de final
Estádio Albino Turbay, em Cianorte-PR
Cianorte x Caxias
Gols: Rafael Gava (Caxias), aos 2 minutos do primeiro tempo; Wesley (Cianorte), aos 3 minutos, e Michel (Caxias), aos 35 minutos, no segundo tempo.

Cianorte: Bruno; Gerônimo, Breno, Maurício e Arroyo (Frontini,36'/2°); Gercimar, Fernandinho, Filipe Ramón e Wesley (Madalena,38'/2°); Tom (Felipe Santos, 40'/2°) e Rodrigo Alves. Técnico: Bolívar

Caxias: Lee; Muriel, Jean, Thiago Sales e Eduardo Diniz; Wagner, Foguinho (Marabá,22'/2°), Rafael Gava (Leilson,32'/2°) e Diego Miranda; Márcio Jonatan e Michel (Laercio,41'/2°) . Técnico: Paulo Henrique Marques

Arbitragem: José Cláudio Rocha Filho, auxiliado por Alex Ribeiro e Vitor Metesteine (trio paulista)

Vermelho: Rodrigo Alves (Cianorte)

Amarelos: Breno, Frontini (Cianorte), Muriel, Jean, Eduardo Diniz, Marabá, Diego Miranda, Lee (Caxias)

Leia também
Sensação térmica foi de -8ºC em Bento Gonçalves na manhã deste domingo
Cidades da Serra registram temperaturas negativas e formação de geada na manhã deste domingo

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros