Motivos para Pingo sorrir: Caxias tem todo grupo à disposição para encarar o Avenida - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série D12/06/2019 | 22h00Atualizada em 12/06/2019 | 22h00

Motivos para Pingo sorrir: Caxias tem todo grupo à disposição para encarar o Avenida

Grená conta com retorno de quatro suspensos e um lesionado para primeiro jogo do mata-mata

Motivos para Pingo sorrir: Caxias tem todo grupo à disposição para encarar o Avenida Anselmo Cunha/Agencia RBS
Foto: Anselmo Cunha / Agencia RBS

O Caxias se prepara para o confronto gaúcho que definirá um dos classificados às oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D. O primeiro encontro contra o Avenida, às 16h do domingo, no Centenário, marca também o momento de ápice do grupo grená dentro da competição. O técnico Pingo tem nesta semana todo o grupo à disposição para montar a melhor estratégia para encarar o time de Santa Cruz do Sul — a exceção é o volante Guto Dresch, que segue em uma longa recuperação desde 2018 após cirurgia.

Na última partida da primeira fase, eram cinco os desfalques grenás. Destes, quatro estavam suspensos e um lesionado. Passado o empate com o São Caetano, o lateral-direito Muriel, o lateral-esquerdo Eduardo Diniz, o zagueiro Jean e o meia Wagner voltam a ser opção para o treinador grená.

— O retorno deles é fundamental. Voltam os jogadores que estavam suspensos, que foram orientados a forçar o cartão justamente para isso, para termos força máxima — afirmou o meia Rafael Gava.

Titulares até então, nem todos que cumpriram suspensão têm seu retorno garantido. Wagner, por exemplo, disputará vaga com Juliano. O volante voltou aos treinamentos normalmente e poderá retomar a camisa 5 grená.

— É um baita jogador, que dá uma segurança na cabeça de área junto com os zagueiros. Isso é bom para o Pingo também, para decidir o jeito que ele vai armar a equipe da melhor forma — disse Gava, ressaltando que a equipe também ganha com essa disputa:

— Para o grupo, é fundamental. Ter todo mundo à disposição, cheio de opções. Antes de começar a partida já começamos ganhando em relação a isso.

As escolhas de Pingo passam também pelo que ele entende que fará com que o time mantenha sua forma de jogar. Desde que chegou ao Caxias o treinador sempre valorizou mais a maneira de atuar da sua equipe do que o que o rival pode apresentar. Ainda assim, é interessante ter ideia do que o Avenida pode ter como arma.

— A gente conhece bastante jogador que está lá. Obviamente que muda o treinador, muda a filosofia. Cada um tem seu jeito de trabalhar — definiu Gava, lembrando que no encontro do Gauchão o time de Santa Cruz era comandado por Fabiano Daitx e agora por China Balbino.

O Caxias chega com todo mundo à disposição para o primeiro de seis jogos que podem garantir o retorno grená à Série C. Por isso, quem for escolhido por Pingo sabe que é preciso entrega total para cumprir o principal objetivo do clube na temporada.

Leia também
Alex Telles é o convidado do Show dos Esportes nesta quinta-feira

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros