Intervalo: o desafio é grande, mas o Juventude tem chance de bater o Grêmio no Jaconi - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião21/05/2019 | 21h00Atualizada em 22/05/2019 | 10h04

Intervalo: o desafio é grande, mas o Juventude tem chance de bater o Grêmio no Jaconi

Bom desempenho nos últimos jogos dá respaldo ao time de Marquinhos Santos

Intervalo: o desafio é grande, mas o Juventude tem chance de bater o Grêmio no Jaconi Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Agora, o que vier é lucro
A frase do técnico Marquinhos Santos após a classificação sobre o Vila Nova é a que melhor define o duelo diante do Grêmio. O que vier agora no mata-mata é lucro.

O Juventude já chegou longe na Copa do Brasil e agora tem suas atenções voltadas para a Série C. Lógico que, em um mundo ideal, quanto mais longe conseguir chegar, melhor. Neste sentido, o que dá mais confiança ao torcedor é justamente o bom momento alviverde e a postura apresentada dentro de casa, com a ideia de propor o jogo.  

Leia Mais
Marquinhos Santos não confirma time do Juventude para encarar o Grêmio

Mesmo assim, o desafio é gigante. O Tricolor, mesmo com todas suas dificuldades atuais, é favorito. Não dá para perder atletas durante a partida, como ocorreu durante o Gauchão, e nem vacilar defensivamente diante de um ataque com tamanho poderio. 

Passa pela eficiência, atrás e na frente, o sucesso do Ju na partida de hoje. O grande objetivo é ir vivo para a Arena.

Opções no meio
Na partida contra o Boa Esporte, me impressionou a desenvoltura com que o volante Christian entrou na segunda etapa. Não sentiu a estreia, mesmo com apenas 18 anos. Pela lógica, seria a melhor alternativa para a vaga de Moisés, por mudar pouco a estrutura tática do time e ter qualidade. Porém, pode pesar em favor de Aprile a maior experiência.

Leia Também
Caxias não deve ter volante titular no confronto diante do Cianorte

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
Imprimir
clicRBS
Nova busca - outros