Glória perde nos pênaltis e Ypiranga estará na elite em 2020 - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Divisão de Acesso08/05/2019 | 22h16Atualizada em 08/05/2019 | 22h16

Glória perde nos pênaltis e Ypiranga estará na elite em 2020

Após derrota no tempo normal, time de Vacaria errou duas cobranças e deu adeus ao sonho do Gauchão

Glória perde nos pênaltis e Ypiranga estará na elite em 2020 MarceloCasagrande/Agencia RBS
Foto: MarceloCasagrande / Agencia RBS

O sonho do acesso para o Glória esteve muito perto. Depois de vencer o Ypiranga fora de casa por 1 a 0, a equipe de Vacaria viu o Estádio Altos da Glória lotado para o jogo decisivo, na noite desta quarta-feira (8). Porém, a derrota no tempo normal por 1 a 0 - com gol de Jackson no segundo minuto de jogo - levou a disputa para os pênaltis. Nestes, o Canarinho foi mais competente, fez 4 a 2 e recolocou a equipe de Erechim de volta na elite do futebol gaúcho na temporada de 2020. Ao Glória, o recomeço e tentar novamente na próxima temporada na Divisão de Acesso.

Logo no começo da partida, o Glória percebeu que o Ypiranga veio decidido a desfazer a vantagem que o Leão conquistou no jogo da ida, em Erechim. No primeiro minuto, Renato quase abriu o marcador, aproveitando bola alta em bate e rebate na defesa da equipe de Vacaria. Porém, o zagueiro do Canarinho mandou por cima.

Aos 2, não teve erro. Jackson recebeu passe em profundidade, às costas da defesa do Glória, e sozinho tocou na saída de Vandré: 1 a 0 Ypiranga. 

A partir daí, o Leão tomou conta da partida contra um adversário que parecia estar acomodado com o resultado - e que se quer chutou novamente ao gol de Vandré nos 45 minutos iniciais.

As jogadas rápidas entre Pablo, Thalles Cunha e Germano, sempre à esquerda de ataque, assustavam, mas pouco geraram em arremates para o gol canarinho. Na chance mais clara, aos 20, Pablo recebeu dentro da área, cortou a marcação, mas chutou sem precisão, à direita de Deivity.

Leia também
Mega Sena acumula novamente e próximo concurso pagará quase R$ 300 milhões

O time de Vacaria só foi arriscar com mais perigo nos últimos minutos do primeiro tempo. Aos 46, Erick Farias limpou três na marcação, chutou no canto esquerdo e Deivity fez boa defesa. Aos 47, novamente o atacante do Glória tentou. Após Germano fazer jogada pela esquerda, a bola foi cruzada e Erick tentou o desvio, mas por cima.

O segundo tempo começou e parecia que o filme se repetiria. Logo a um minuto, Marco Antônio pegou rebote de Vandré, na entrada da área. O meia do Ypiranga finalizou, mas um sutil desvio do goleiro do Glória mandou para escanteio.

O time da casa deu sinais de resposta aos 13. Thalles Cunha chutou cruzado e quase empatou, mas a bola foi pela linha de fundo.

Aos 29, Fidélis roubou a bola e pôs o Ypiranga no contra-ataque. Lima cruzou da direita e Vandré cortou. No rebote, Jackson finalizou com perigo. Na sequência, Thalles Cunha quase fez. O meia do Leão invadiu pela direita e chutou, rente a trave esquerda de Deivity.

O jogo ganhou em emoção no final. E aos 42, Jackson arriscou cruzado para defesa de Vandré, na última chance clara antes do final da partida. A vaga na elite foi para a decisão nos tiros da marca do pênalti.

Na primeira cobrança do Glória, Jean Carlos fez a paradinha e mandou com categoria à esquerda de Deivity. A abertura da série do Ypiranga ficou com Wesley. O lateral-direito deslocou Vandré e igualou em 1 a 1.

Depois, foi a vez do zagueiro Sergipano bater para o Leão. O defensor mandou na gaveta esquerda, sem chances para o goleiro rival. A igualdade voltou quando Paulinho Simionatto bateu no meio e tirou as chances do goleiro do Glória.

A terceira série começou com Deivity defendendo, no canto direito, o chute de Marlon. Quando Lima converteu com categoria, a vantagem se transferiu para o Ypiranga.

O quarto pênalti cobrado pelo Glória também não entrou. Alisson bateu com força e a bola explodiu no travessão. O experiente Fidélis, com muita tranquilidade, bateu e converteu o gol que recolocou o Ypiranga na elite do futebol gaúcho. Ao Glória, ficou a honrosa campanha e a esperança de buscar novamente em 2020 a volta para o Gauchão.

Ficha técnica

Divisão de Acesso 2019 - Semifinal - 8/5/2019
Estádio Altos da Glória, em Vacaria
Glória 0x1 Ypiranga - nos pênaltis 2x4
Gol: Jackson (Y), aos 2min do primeiro tempo.

Glória: Vandré, Thiago Machado (Marlon, 20'/2°), Sergipano, Alisson e Germano(A); Thiago Costa, Théo(A); Erick Farias (Túlio Rennan,19'/2°), Thalles Cunha (Judson, 29'/2°) e Pablo; Jean Carlos. Técnico: Jair Galvão

Ypiranga: Deivity, Wesley(A), Renato, Marcão e Henrique Ávila (Lima, 13'/2°); Wagner(A), Reinaldo, Fábio (A) (Fidélis, 26'/2°); Marco Antônio (A), Quirino (Paulinho Simionatto, 20'/2°) e Jackson. Técnico: Fabiano Daitx

Arbitragem: Leandro Vuaden, auxiliado por Rafael Alves e Lúcio Flor

Leia também
Juventude quer esquecer o Grêmio e focar só na Série C

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros