"Ficamos bem longe do que vínhamos fazendo", diz técnico do Caxias - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Série D26/05/2019 | 18h48Atualizada em 26/05/2019 | 18h48

"Ficamos bem longe do que vínhamos fazendo", diz técnico do Caxias

Pingo admitiu que rendimento esteve aquém na derrota para o Cianorte, por 1 a 0

"Ficamos bem longe do que vínhamos fazendo", diz técnico do Caxias Diego Menegon / Cianorte FC / Divulgação/Cianorte FC / Divulgação
Caxias, do meia Leilson (C), foi derrotado para o Cianorte Foto: Diego Menegon / Cianorte FC / Divulgação / Cianorte FC / Divulgação
Pioneiro
Pioneiro

Após a derrota do Caxias para o Cianorte, por 1 a 0, neste domingo (26). Esta foi a pior atuação da equipe na Série D, não só pela derrota. O time não conseguiu impor o seu ritmo de jogo, ao qual está acostumado. O próprio técnico Pingo admitiu que o rendimento esteve aquém do normal

— Ficamos bem longe do que vínhamos fazendo. A equipe alternou pouco momentos de posse e de apertar o adversário, mas bem longe do que fazemos. Nós temos que corrigir alguns erros. Dependemos somente das nossas forças, mas temos que fazer as correções necessárias — afirmou o treinador à Rádio Caxias.

A principal alteração foi a inclusão de Marabá desde o início da partida. Pela segunda vez, uma alteração definida por Pingo no dia da partida. Segundo ele, foi para aumentar o poder de marcação e liberar outros atletas no meio de campo para atacar. Na contenção, o treinador acredita que o volante foi bem:

— O Wagner treinou (durante a semana, ele foi titular), mas o Marabá cumpriu bem. A derrota e a partida não tem a ver com o Marabá. Foi uma atitude que eu tomei em prol da equipe e, infelizmente, o conjunto não funcionou. Não tivemos o resultado. A responsabilidade da derrota é toda minha, porque eu sou o treinador. Eu tenho que corrigir a equipe para em casa vencer e conseguir a classificação.

O Caxias encara o Tubarão, no dia 2 de junho. A expectativa que o zagueiro Laercio seja liberado para jogar, ele tem uma contratura e está fora dos treinos há duas semanas. O meia Rafael Gava também deverá estar liberado para encarar a equipe catarinense.

Leia também
ACBF empata com a Assoeva e continua como única invicta da Liga Nacional de Futsal
Clubes caxienses colecionam pódios na Super Copa Sensei Carneiro

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros