Intervalo: Os duelos de 2018 servem para o Juventude ficar ainda mais atento ao Vila Nova - Esportes - Pioneiro

Vers?o mobile

 
 

Opinião22/04/2019 | 21h30Atualizada em 22/04/2019 | 21h30

Intervalo: Os duelos de 2018 servem para o Juventude ficar ainda mais atento ao Vila Nova

Na Série B, equipe goiana venceu as duas partidas contra o time alviverde

Intervalo: Os duelos de 2018 servem para o Juventude ficar ainda mais atento ao Vila Nova Marcelo Casagrande/Agencia RBS
Foto: Marcelo Casagrande / Agencia RBS

Revanche
O cenário agora é diferente e o Juventude chega motivado para o confronto da quarta fase da Copa do Brasil. Mesmo assim, para quem ficou de 2018, o Vila Nova não traz as melhores lembranças. No ano passado, pela Série B, os goianos venceram, lá e aqui, por 1 a 0. Sempre com destaque para Alan Mineiro.

Leia Mais
CBF confirma mudança de data do jogo de volta entre Juventude e Vila Nova

O meia voltará ao time nesta quarta-feira e segue como referência técnica. Já o time do Ju mudou muito. E, por incrível que pareça, mesmo com a queda de divisão, parece uma equipe um pouco mais confiável do que a do ano passado. O grande desafio do grupo de Marquinhos Santos será tentar repetir, pelo menos em boa proporção, o que fez diante do Botafogo.

Se for a equipe compacta, de boa transição e com movimentação constante entre laterais e extremas, o Ju tem totais condições de sair na frente no duelo. Mas, claro, é preciso respeitar o Vila. Não precisa voltar muito no tempo para saber que os goianos podem e vão incomodar.

Leia Também
Márcio Jonatan reforça o ataque do Caxias para a Série D do Campeonato Brasileiro

 
 
 
 
Pioneiro
Busca
clicRBS
Nova busca - outros